• 26 de setembro de 2021

Flávia Arruda pede a Queiroga mais vacinas para conter a Delta no DF

A transmissão comunitária  da Variante Delta, que já infectou 46 pessoas e matou três no DF, foi o principal assunto tratado pela  ministra da Secretaria de Governo da Presidência da República, Flávia Arruda, com o  ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em encontro ocorrido na terça-feira (27), no Palácio do Planalto.

De acordo com a assessoria de imprensa da ministra Flávia Arruda, os dois  conversaram sobre o Plano Nacional de Imunização e o avanço da distribuição de vacinas pelo Governo Federal.

Veja também

Bolsonaro recria ministério e troca comando da Casa Civil

O encontro serviu ainda para que Flávia Arruda pedisse a  atenção da pasta da saúde ao Distrito Federal, e manifestou preocupação com a confirmação de transmissão comunitária da variante Delta de Covid 19.

Leia também   Câmara aprova ampliação de acesso da população a desconto na conta de luz

Neste ponto, a ministra tem convicção que para conter o avanço da Delta, que já contaminou 45 pessoas e matou três, se faz necessário que o ministério de Queiroga libere as  290 mil doses de vacinas que a pasta deve à população do Distrito Federal.

Na segunda-feira passada, a posição da pasta de saúde era de que não iria repor os imunizantes, mesmo que houvesse uma decisão judicial a favor do ente federativo.

A retaliação clara da pasta, gerou em razão do GDF ter ido às barras da justiça em busca da reposição vacinal que deixou de ser feita pelo MS.

Leia também   Partidos de esquerda apoiam Maia e se unem contra Bolsonaro

Compreenda o que aconteceu

Os imunizantes do estoque da Secretaria de Saúde, que seriam para atender as faixas etárias prioritárias, terminaram nos braços, a pedido do próprio Ministério da Saúde, dos integrantes das Forças Armadas (Marinha, Exercito Aeronáutica).

Também entraram no mesmo pacote, os integrantes das forças de segurança que reúnem PMDF, Corpo De Bombeiros, agentes penitenciários, Defesa Civil, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil e Polícia Federal.

Por Toni Duarte | Radar DF

(Radar DF)

Read Previous

Governo de Goiás entrega 60 mil notebooks para alunos da 3ª série do Ensino Médio

Read Next

Os destinos mais baratos para viajar no Ano Novo, no Brasil e no exterior