• 25 de janeiro de 2021

Obra do Hospital de Campanha de Ceilândia é entregue à Secretaria de Saúde

Local receberá equipamentos que eram do Hospital de Campanha do Mané Garrincha

A obra do Hospital de Campanha de Ceilândia foi entregue nesta sexta-feira (27) após a Subsecretaria de Infraestrutura avaliar toda a situação. A partir de agora, serão tomadas as providências para equipar o hospital e contratar as empresas prestadoras de serviços que ficarão responsáveis pela limpeza e segurança da unidade.

Veja também

Fiscalização para veículos com placas final 6, 7 e 8 inicia na terça (1°)

“Todos os equipamentos que serão instalados no Hospital de Campanha de Ceilândia são oriundos do Hospital de Campanha do Mané Garrincha. Estes equipamentos, inclusive, já estão sob a responsabilidade da Superintendência da Região Oeste”, afirmou o secretário adjunto de Assistência, Petrus Sanchez.

Leia também   CEB Distribuição é vendida por R$ 2,515 bilhões

Leitos

O hospital foi erguido na QNN 27 e vai comportar 60 leitos, sendo 20 de suporte respiratório e 40 de enfermaria. O valor total investido na construção do Hospital de Campanha de Ceilândia foi de R$ 10,4 milhões. “A obra foi entregue conforme o solicitado e sem alteração no projeto. O atraso na entrega ocorreu porque a empresa teve dificuldades na compra de materiais de construção por causa da pandemia”, explica o subsecretário substituto de Infraestrutura, Alan Oliveira dos Santos.

A nova unidade hospitalar está em uma área de aproximadamente 22.900 metros quadrados e fica ao lado da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Ceilândia. A previsão é que o novo hospital seja equipado até o dia 15 de dezembro.

Leia também   GoiásFomento começa 2021 com R$ 107 milhões disponíveis para empréstimos

Remanejamento

Depois que o Hospital de Campanha de Ceilândia for inaugurado, receberá somente casos de pacientes com Covid-19. Em contrapartida, o Hospital Acoplado ao HRC será desativado e após uma ação de limpeza e desinfecção de, pelo menos dois dias, será utilizado para ampliar o atendimento aos pacientes da emergência da Clínica Médica do Hospital Regional de Ceilândia.

(Agência Brasília)

Avatar

Destaque DF

Read Previous

Moraes, do ST, prorroga por mais 60 dias inquérito que investiga possível interferência de Bolsonaro na PF

Read Next

Caixa abre 762 agências hoje para pagar auxílio emergencial