• 14/06/2024

Chás: quais tomar no pré e pós-treino?

De acordo com um levantamento realizado pela Organização das Nações Unidas (ONU), o chá é a segunda bebida mais consumida mundialmente, depois da água. Segundo um balanço da Euromonitor International, a bebida teve um crescimento de popularidade no Brasil de 25% nos últimos anos, representando o dobro da média mundial, que é de 13%.

Além de sua tamanha diversidade de tipos e formas de consumo, o chá possui diversos benefícios para a saúde, a depender da folha, fruta ou raíz infusionada. Fúlvia Hazarabedian, nutricionista e diretora do programa Bio Nutri da Bio Ritmo, explica mais sobre essa bebida milenar e traz dicas dos melhores tipos para se tomar antes e depois de exercícios físicos, potencializando seus treinos.

Pré-treino

Chá preto

O chá preto possui cafeína em sua composição, o que aumenta a energia para as atividades físicas e atua como um ótimo potencializador, auxiliando no foco e na concentração.

Chá verde

Grande aliado na saúde em geral, o chá verde pode aumentar a energia e a resistência no treino, potencializando a circulação sanguínea e o gasto calórico.

Leia também   Entenda as diferenças entre dor de cabeça comum e enxaqueca

Chá indiano

O Chai é uma opção para quem quer inovar no pré-treino. Feito com chá preto, leite, açúcar e diversas especiarias como: gengibre, cravo-da-índia, cardamomo, noz-moscada, pimenta do reino e canela, ele tem muitos benefícios como efeito descongestionante, auxílio na melhora da circulação sanguínea, no sistema digestivo e acelera o metabolismo.

Chá de ginseng

Outra boa opção de consumo antes de se exercitar é o chá de ginseng. Essa planta é conhecida por suas ações adaptogênicas, ou seja, que ajudam o corpo a lidar com o estresse físico, mental e emocional. Mais do que isso, também promove energia, reduz a fadiga, aumenta a resistência e melhora a capacidade de concentração e desempenho.

Pós-treino

Chá de guaraná

Originário da Amazônia, o guaraná também pode ser consumido em forma de chá. Feito a partir das sementes da fruta, ela é usada para combater o cansaço físico e mental. Como contém cafeína, o pó de guaraná serve para repor a energia e melhorar a atenção.

Leia também   Acne em diferentes fases da vida: entenda

Chá de gengibre

Aliado para o pré e pós-treino, o chá de gengibre melhora o funcionamento do intestino, acelera o metabolismo, combate a retenção de líquidos e auxilia na prevenção de inflamações mais graves, além de melhorar a imunidade.

Chá de canela

O chá de canela também é um chá de mil e uma utilidades, pois possui propriedade calmante, tem ação detox, regula o intestino e auxilia na perda de peso. Além disso, melhora a capacidade cognitiva, contribui para a saúde sexual e dificulta o envelhecimento precoce.

Chá de alecrim

O chá de alecrim possui propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, sendo um aliado do corpo para se recuperar após o exercício físico. Além disso, possui efeito calmante no sistema digestivo, auxiliando na absorção de nutrientes.

Chá de camomila

Outra flor que é ideal para o pós-treino é a camomila. O chá de camomila tem efeitos relaxantes sobre o corpo e a mente, o que pode ajudar a reduzir a ansiedade e o estresse pós-treino, favorecendo a recuperação muscular e o descanso adequado.

Leia também   Como fazer a dieta da água com limão para emagrecer

Chá de passiflora

A passiflora é a flor do maracujá e também é uma opção para quem busca relaxar no pós-treino. Devido a suas propriedades calmantes e sedativas, alivia o estresse e promove um ótimo sono.

Como consumir

A nutricionista explica que consumir o chá quente ou gelado não faz diferença. No entanto, é preciso tomar cuidado na forma de preparo, já que a depender do que for utilizado para a infusão – caule ou folhas – os princípios ativos podem ser perdidos. Além disso, Fúlvia comenta que os chás podem ser misturados, podendo potencializar e aumentar os benefícios.

“Há também a possibilidade de misturar os chás entre eles e adicionar frutas como limão, ou mel para deixá-los mais gostosos. Porém, assim como qualquer outra substância, é sempre recomendável consultar um profissional de saúde antes de incorporar novos suplementos ou chás à sua rotina, especialmente se tiver condições médicas pré-existentes ou estiver tomando medicamentos”, finaliza a especialista.

(Portal  Terra)

 

Read Previous

Avião da FAB leva 20 toneladas de ração para pets do RS

Read Next

Cores que vão dominar as estampas no outono-inverno 2024