• 30 de junho de 2022

“Vamos criar o Estado inteligente” propõe Mendanha em sabatina da Acic

Reconhecido nacionalmente por ter transformado Aparecida de Goiânia em uma cidade inteligente, quando foi prefeito, o pré-candidato ao Governo de Goiás, Gustavo Mendanha (Patriota), propôs a criação de um Estado Inteligente para fazer o uso de tecnologia para resolver problemas de segurança e desburocratização de empresas do centro da capital.

Veja também

Mendanha participa de tradicional festa religiosa no Entorno do DF

A proposta foi firmada durante a sabatina promovida pela Associação Comercial e Industrial do Centro de Goiânia (Acic) ocorrida nesta terça-feira (7), no auditório do Sesc. Mendanha é o segundo pré-candidato ao Palácio das Esmeraldas a responder as perguntas dos integrantes da entidade.

Mendanha respondeu que vai utilizar as tecnologias para coibir os atos criminosos na região, como a instalação de câmeras de monitoramento. O governadoriável citou o caso de Aparecida que conta com mais de 3 mil câmeras de monitoramentos, sendo 650 do projeto Olhos de Águia. A estratégia gerou redução de 70% da criminalidade em Aparecida.

Leia também   Caiado anuncia 8 concursos para 2022, com 2.031 vagas na administração pública

Os principais desafios do centro, segundo fala dos participantes, são a segurança no centro da cidade e a gestão dos espaços com a organização de sua estrutura para evitar os esvaziamentos urbanos.

A criação de um projeto que visa transformar Goiás em um Estado Inteligente está em desenvolvimento por técnicos do Plano de Gestão, que será registrado junto à candidatura de Mendanha, mas a ideia é universalizar o acesso gratuito à internet para toda a população, e utilizar os mecanismos para modernizar a máquina pública.

Durante a sabatina a Acic apresentou propostas, feitas em parceria com o Fórum Empresarial, que visam o fortalecimento do comércio na região. Uma das solicitações foi a criação de uma polícia ostensiva na região.

Leia também   Exercícios de crossfit para fazer em casa e emagrecer

O presidente do Sindilojas, Cristiano Caixeta, participou do momento pedindo a revisão do Difal, um imposto que incide sobre a aquisição de produtos vindos de fora do estado. O presidente da Aciag, Leopoldo Moreira, também participou da sabatina.

“Serei o governador das parcerias”

Durante a sabatina na Acic, Gustavo Mendanha lembrou que suas raízes vêm do pequeno comércio. Sua mãe, Sônia Melo, era proprietária de uma sapataria, e os primeiros passos do ex-prefeito de Aparecida foram como estoquista e vendedor. “Sei o que dói no comércio, por isso penso em estratégias que não os penalizem”, destacou.

Leia também   Governo de Goiás e Codevasf firmam convênio de mais de R$ 10,6 milhões para projetos de irrigação em todo Estado

Questionado sobre a intenção de estabelecer ações conjuntas com diversos segmentos da sociedade, o pré-candidato disse que quer “ser o governador das parcerias”. O pré-candidato ao governo disse acreditar em Parcerias Públicos Privadas (PPP) para criar um ambiente de negócios propício ao setor empresarial.

“Sendo governador vamos celebrar as parcerias importantes para o centro, potencializando essa grande região da cidade”, afirmou Mendanha.

O presidente da Acic, Antônio Filho, teceu elogios ao pré-candidato, afirmando que ele tem um bom projeto para o Estado. Já o presidente de honra da Associação, Uilson Manzan, propôs a inclusão de dois projetos no plano de gestão de Mendanha.

Read Previous

Detran-DF lança nova versão do Portal de Serviços

Read Next

Fraga quer dar as cartas no PL-DF e rifar candidatura de Flávia Arruda