• 21/06/2024

Celular roubado: Google apresenta IA antifurto

O celular tornou-se um dispositivo indispensável na vida dos seres humanos. Desse modo, armazena não apenas contatos e mensagens, mas também dados sensíveis e valiosos. Logo, ter um celular roubado vai além do aspecto material, gerando ansiedade pela exposição de informações pessoais e financeiras.

No entanto, a crescente incidência de roubos de smartphones representa uma ameaça à segurança e à privacidade dos usuários. Nesse contexto, a tecnologia surge como uma aliada crucial, oferecendo soluções inovadoras para proteger os usuários em caso de ter um celular roubado ou perdido.

Leia também   BeReal: antítese ao Instagram, aplicativo é a nova casa da geração Z

Uma dessas soluções é a Inteligência Artificial antifurto do Google. Ela é uma ferramenta inteligente que a gigante da tecnologia projetou para detectar atividades suspeitas e acionar medidas de segurança automaticamente.

Então, abordaremos a experiência de ter um celular roubado e como a tecnologia pode auxiliar nessa realidade. Juntamente com isso, explicaremos como funciona a IA antifurto do Google e os benefícios que esse recurso pode proporcionar.

A incômoda experiência de ter um celular roubado

A infeliz situação de ter um celular roubado é marcada não apenas pela perda material do dispositivo, mas também pelo impacto emocional e pela violação da privacidade. Nesse sentido, a sensação de vulnerabilidade e impotência diante da ação criminosa é avassaladora, deixando os usuários com uma percepção de invasão e desamparo.

Leia também   Novos emojis: conheça o significado por trás de alguns deles

Além da preocupação com o custo financeiro do aparelho, há também a angústia provocada pela possível exposição de dados pessoais e sensíveis que estavam armazenados no telefone. Dessa forma, mensagens íntimas, fotos pessoais, informações bancárias e outras informações confidenciais podem cair nas mão erradas.

Isso pode resultar em consequências devastadoras, como por exemplo roubo de identidade e fraudes financeiras. Portanto, a perda de um celular vai além do aspecto tangível do objeto. Sendo assim, pode causar um profundo impacto psicológico e emocional aos usuários.

Do mesmo modo, a situação de um celular roubado muitas vezes ocorre de forma repentina e violenta, deixando as vítimas traumatizadas e com medo de novos incidentes. Dessa maneira, a sensação de insegurança gerada por essa experiência pode persistir por muito tempo. Logo, pode afetar a confiança e a qualidade de vida dos indivíduos.

Leia também   Vem aí iPhone 14 Pro : armazenamento deve começar em 128 GB (de novo)

A infeliz situação de ter um celular roubado pode ir muito além do prejuízo financeiro, ocasionando alguns traumas.
A infeliz situação de ter um celular roubado pode ir muito além do prejuízo financeiro, ocasionando alguns traumas. | Foto: DALL-E 3

Como a tecnologia pode auxiliar após ter um celular roubado

A tecnologia desempenha um papel fundamental na proteção do usuário depois de ter um celular roubado. Ela oferece uma variedade de recursos e ferramentas para minimizar os danos e aumentar as chances de recuperação do dispositivo.

O rastreamento por GPS é uma das funcionalidades mais importantes nesse contexto, permitindo que os usuários localizem seus dispositivos em tempo real e forneçam informações precisas às autoridades para ajudar na recuperação.

Além disso, os aplicativos de segurança oferecem opções para bloqueio remoto do dispositivo. Desse modo, impedem que os criminosos acessem informações sensíveis armazenadas no celular.

Esses aplicativos também permitem que seja feita a limpeza remota dos dados do dispositivo. Assim, protegem a privacidade do usuário e evitam o uso indevido de suas informações.

Outra tecnologia que auxilia na proteção após ter um celular roubado é a capacidade de registrar uma queixa online e bloquear o IMEI do dispositivo. A partir disso, ele se torna inutilizável para os ladrões e dificulta-se sua venda no mercado paralelo.

Por fim, essas medidas não apenas aumentam as chances de recuperação do celular roubado. Juntamente com isso, elas contribuem para a redução da incidência desse tipo de crime.

Conheça a IA antifurto do Google

A Inteligência Artificial antifurto do Google é uma ferramenta inovadora que a empresa projetou para ajudar os usuários a protegerem seus dispositivos e dados em caso de roubo ou perda. Então, aqui estão algumas das funções desse recurso:

  • Atualização da redefinição de fábrica: essa medida visa impedir que um ladrão resete o celular roubado. Sendo assim, se ele forçar a redefinição do dispositivo, não poderá configurá-lo novamente sem saber as credenciais do mesmo ou da conta do Google do dono;
  • Espaço privado para esconder aplicativos confidenciais: pensando em impedir a extração e transferência de dados valiosos e confidenciais, como por exemplo os financeiros e de saúde, esse recurso cria uma área separada no celular que uma senha oculta e bloqueia;
  • Mais etapas para alternar configurações confidenciais: só será possível mudar funções como “encontre meu dispositivo” ou tempo limite de tela após introdução de senha ou autenticação biométrica;
  • Autenticação aprimorada caso a senha seja conhecida por um ladrão: esse recurso exigirá biometria e atraso de tempo condicional para acessar e alterar configurações críticas da conta do Google e do dispositivo nesse caso específico;
  • Bloqueio de tela automático: a IA poderá detectar quando o celular roubado for arrancado da mão, monitorando também movimentos como corrida e andar de bicicleta (comuns durante um furto). Portanto, com a detecção de um movimento desses, haverá o bloqueio da tela, impedindo que os ladrões acessem o telefone facilmente;
  • Proteção adicional quando um ladrão estiver com o dispositivo: se um ladrão tentar desconectar o celular roubado por longos períodos de tempo, acionará o bloqueio de dispositivo off-line automaticamente;
  • Bloqueio remoto após o roubo do telefone: esse sistema permite bloquear a tela do celular apenas com o número do telefone e uma rápida autenticação utilizando qualquer outro dispositivo;

Benefícios desse recurso

Os pontos positivos da IA antifurto do Google são numerosos. Além de fornecer uma camada adicional de proteção para os dispositivos dos usuários, essa tecnologia também pode ajudar a reduzir o número de roubos de celular. Isso é possível pois ela tem potencial de tornar os aparelhos menos atraentes para os criminosos.

Além disso, ao facilitar a recuperação de dispositivos perdidos, a Inteligência Artificial antifurto ajuda a minimizar o impacto emocional e financeiro que atingirá os indivíduos que foram furtados.

Por último, com a crescente preocupação com a segurança digital, ferramentas como essa se tornam cada vez mais essenciais. Elas são responsáveis por garantir a proteção dos smartphones, bem como dos dados dos usuários.

Em suma, a IA antifurto do Google pode ser muito útil na situação de um celular roubado. Com o uso dela, se facilitará a proteção e a localização do aparelho, tornando esse recurso indispensável para minimizar os danos dessa ocorrência.

Eduka.ai

Read Previous

Gaza: mais de 50% dos moradores podem enfrentar morte e fome até julho

Read Next

Senac Nacional se junta à CVC em programa de empregabilidade em turismo