• 21/06/2024

Servidores da saúde realizam assembleia por recomposição salarial de 35,75%

Sindicato inicia mobilização para combater defasagem apontada pelo dieese

Centenas de servidores da Secretaria de Saúde se reuniram no Clube da Saúde durante a assembleia-geral convocada pelo Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde (SindSaúde-DF). O encontro teve como objetivo iniciar uma mobilização para reivindicar a recomposição salarial da categoria.

De acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), a perda salarial acumulada é de 35,75%, tornando-se o ponto central da discussão. Os presentes enfatizaram a urgência de uma campanha para garantir justiça salarial.

Leia também   SindSaúde luta pela Lei 6.903/2021 no STF

Além disso, foi debatida a legitimidade da Gestão e Assistência Pública à Saúde do Distrito Federal (GAPS). O SindSaúde se comprometeu a levar a questão ao Supremo Tribunal Federal (STF) por meio da Confederação Nacional dos Trabalhadores da Saúde (CNTS).

Outros Temas Debatidos

Entre outros temas discutidos, destacou-se a criação de legislação para resolver a situação da Gratificação de Titulação (GTIT) e a inclusão de profissionais técnicos da saúde nas alterações propostas pela Lei 6.903/2021.

Joana Matos, servidora presente na assembleia, destacou a importância da luta: “Não posso ficar de fora. Esta perda salarial é um golpe duro demais; temos nossos compromissos financeiros e precisamos dessa recomposição”.

Leia também   SindSaúde promove assembleia com servidores do hospital do Paranoá

A presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues, ressaltou a gravidade da situação, sublinhando como a perda salarial impacta diretamente a vida e a saúde dos trabalhadores. “Essa defasagem apontada pelo Dieese não é apenas um número, é a realidade dura que enfrentamos diariamente. É hora de nossa categoria se unir e mostrar aos governantes que merecemos atenção e que a recomposição salarial é urgente”, enfatizou.

O SindSaúde convoca toda a categoria para participar das assembleias regionais, a primeira começando nesta quinta-feira (06/06) no Paranoá. Destacamos que a presença dos servidores é crucial neste momento. A luta pela recomposição salarial precisa ser realizada de forma conjunta, com a participação ativa de todos. Convidamos os servidores a acompanharem as redes sociais do sindicato para ficarem por dentro das próximas ações.

Leia também   SindSaúde realizou assembleia em Planaltina

Próximas assembleias:

11/06 – Planaltina

13/06 – Sobradinho.

Read Previous

Auxílio Reconstrução começa a ser pago hoje a famílias afetadas no RS

Read Next

Trump é condenado por fraude em processo envolvendo suborno a ex-atriz pornô