• 25 de janeiro de 2021

Mau hálito de máscara? Saiba como evitar e combater o problema

Aprenda a se livrar da halitose, o temido “bafo”, com hábitos diários simples!

O uso de máscara se tornou indispensável no contexto da pandemia, sendo uma das principais medidas de proteção contra o coronavírus. Mas será que ela é capaz de provocar mau hálito? De acordo com estudos da Faculdade de Odontologia Universidade de São Paulo (FOUSP), a resposta é não! Entretanto, seu uso prolongado pode tornar os odores mais intensos e perceptíveis – já que o ar que respiramos fica majoritariamente contido dentro do acessório.

Leia Mais

Dicas com limão: receitas e truques para saúde, beleza e limpeza da casa

A halitose é um problema muito comum, que pode ter diversas causas, sejam bucais, respiratórias ou digestivas. Sendo assim, o primeiro passo contra o “bafo” é procurar um dentista para resolver a questão. Mas também existem algumas dicas do dia a dia para evitar que isso aconteça, especialmente usando máscara. Confira!

Leia também   5 dicas para se proteger de gripes, resfriados e da covid-19

0 dicas para evitar o mau hálito com o uso de máscara

1. Ingira líquidos ao longo do dia, com frequência, para manter a boca úmida e afastar o mau hálito. Muito além de prevenir a halitose, manter-se hidratada é ainda mais importante para uma saúde fortalecida em tempos de Covid-19.

2. Mastigue bem os alimentos.

3. Evite jejuns prolongados.

4. Reduza o consumo de alimentos gordurosos, condimentados ou muito salgados. Antes de colocar a máscara, alho e cebola também devem ser evitados.

5. Não se esqueça de escovar os dentes após as refeições principais. A recomendação contra o mau hálito é utilizar o fio dental diariamente e higienizar a língua com limpadores específicos.

Leia também   Coronavírus: saiba o que é uma pandemia

6. Dê preferência para o uso de enxaguantes bucais sem álcool ou conforme a orientação do seu dentista.

7. Visite o dentista periodicamente, não apenas quando estiver com dores ou mau hálito.

9. Procure respirar pelo nariz.

10. Use medicamentos apenas sob orientação médica ou do cirurgião-dentista.

É importante destacar que a halitose pode ser apenas um indício de algum problema de saúde mais sério, como de estômago, por exemplo. Se o mau hálito persistir, procure um médico!

Consultoria: Maria Cecília Azevedo de Aguiar, odontologista e membro do conselho da Associação Brasileira de Halitose – ABHA; Daiane Lima de Oliveira Rocha, odontologista e membro do conselho da Associação Brasileira de Halitose – ABHA | Edição: Milena Garcia e Renata Rocha

(Alto Astral)

Leia também   Mobilização contra câncer de mama já dá resultados

Avatar

Destaque DF

Read Previous

Regras para funcionamento dos cemitérios

Read Next

Preços de passagens aéreas caíram 37%, mas já começam a se recuperar