• 7 de agosto de 2022

“Ibaneis assume responsabilidade que é de Goiás”, diz Mendanha

O pré-candidato ao Palácio das Esmeraldas, Gustavo Mendanha (Patriota), voltou a criticar a ausência do Governo de Goiás nos municípios do Entorno do Distrito Federal. Durante agenda nesta sexta-feira (24), na região, o ex-prefeito de Aparecida de Goiânia disse que o governador do GDF, Ibaneis Rocha (MDB), “assumiu a responsabilidade de cuidar dos goianos”.

Veja também

Paraná Pesquisas aponta 2º turno entre Caiado e Mendanha na disputa para o Palácio das Esmeraldas

Gustavo lembrou que no ano passado, durante o pico da Pandemia de Covid-19, Ibaneis chegou a pedir que o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (União Brasil), cuidasse da população do Entorno. O emedebista reclamou que por falta de vagas em hospitais de Goiás, os moradores da região buscavam auxílio em Brasília, superlotando as unidades de saúde do DF.

Leia também   Governador Ronaldo Caiado manifesta pesar pela morte do empresário e líder do partido Democratas na região do Entorno de Brasília, Cassiano Franco

“Já assumi a responsabilidade do Entorno. Esse problema é meu! A população paga impostos em Goiás e utiliza os serviços públicos de Brasília. Mas, tendo a oportunidade, elas terão orgulho de dizer que são goianos”, disse Mendanha.

Gustavo Mendanha intensificou as agendas na região com objetivo de ouvir as demandas da população local, que “se sente abandonada pelo atual governador”. O Entorno do Distrito Federal abriga mais de 30 municípios e é a segunda região mais populosa de Goiás.

Agência de Desenvolvimento

Uma das propostas do ex-prefeito de Aparecida para a região é criar uma Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana, gerida por um conselho com representantes de cada um dos municípios do entorno para discutir e construir projetos. O órgão terá orçamento próprio.

Leia também   Incêndio atinge vegetação perto do Mangueiral e da Papuda

Gustavo Mendanha esteve nas cidades de Alexânia e Cidade Ocidental, onde realizou visitas ao comércio e lideranças religiosas da Igreja do Santuário do Jardim Imaculada.

Foto:  Rodrigo Estrela 

Read Previous

Vacinação contra a gripe é ampliada a partir deste sábado no país

Read Next

TikTok terá que suspender conteúdo impróprio, ordena Ministério da Justiça