• 26 de janeiro de 2021

Visitas guiadas voltam ao Zoo de Brasília

Você pode alimentar a girafa Yaza. Entender como se trata uma anta, ou ver de perto como vivem os répteis no Jardim Zoológico de Brasília. Suspenso no final de março de 2020 em razão da pandemia do novo coronavírus, o Zoo Experiência volta a partir de 14 de janeiro com as visitas guiadas. E se a interação pessoal obedecerá os protocolos de distanciamento e de prevenção ao contágio pela Covid-19, com os bichos será possível se aproximar e até estabelecer uma certa interação.

Veja também

Nação BRB FLA bate a marca de 100 mil contas abertas

Quem fizer a visita guiada terá acesso privilegiado às áreas de manejo dos animais, acompanhará os bastidores do tratamento de bichos como a girafa, os jabutis e as tartarugas e verá bem de perto como se cria a cobra do milho. Uma passagem pelo museu do Zoo, com crânios e peles de animais, também está incluída no passeio.

Leia também   Voluntário para testar vacina: 'Correr risco para ajudar'

A nova metodologia começou a ser testada no início de 2019 e tem feito sucesso. Não se percorre mais recinto por recinto, como antes: a experiência tem um conteúdo programático associado ao trabalho da instituição e é encerrada com as interações controladas com os animais, como acontece em zoológicos dos Estados Unidos.

“Geralmente, as pessoas acham que o zoológico é só um criadouro de animais para exposição. A visita guiada, no entanto, permite acompanhar esse trabalho que não é só de alimentá-los, mas tratar da saúde, estimulá-los a comportamentos naturais das espécies e conservá-las, trabalhando para e pelos animais”, afirma o gerente de Projetos Educacionais do Jardim Zoológico de Brasília, Igor Oliveira Braga.

Leia também   Mulheres têm resposta imunológica mais eficiente à covid-19

Opções

São cinco roteiros com objetivo de conhecer o trabalho da instituição e que possibilitam interações supervisionadas com os animais: “Evolução dos vertebrados”, “Animais ameaçados de extinção”, “Desmistificando os répteis”, “Bem-estar dos animais” e “Noções básicas do reino animal”. A duração dos passeios, indicados para crianças a partir de 8 anos, varia de 1h a 2h30.

As visitas ocorrem duas vezes por semana, às quintas e sextas-feiras, sendo um grupo por turno. O agendamento deve ser único: apenas uma pessoa marca o horário para todo o grupo, que deve ter entre seis e oito pessoas. O valor cobrado de cada participante no Zoo Experiência – R$ 30 – já inclui o valor de acesso ao Jardim Zoológico cobrado de todos os visitantes. Os interessados devem mandar e-mail para deam@zoo.df.gov.br.

Avatar

Destaque DF

Read Previous

Aprovação da Coronavac não está sob risco, afirmam ex-presidentes da Anvisa

Read Next

Bolsonaro deixa Alvorada para fazer passeio de moto em Brasília