• 21/06/2024

Interior de São Paulo pode ter até 40ºC na última semana do inverno

Uma forte onda de calor deverá ser registrada em boa parte do país nesta semana, a última do inverno, com termômetros acima dos 30°C ou até na casa dos 40°C.

Veja também

Como participar da nova fase do Desenrola Brasil?

Não há previsão de chuva para os próximos dias no estado de São Paulo.

Segundo a Climatempo, a atuação de um bloqueio atmosférico vai impedir o avanço de frentes frias nos próximos dias, exceto no Rio Grande do Sul, que mais uma vez deverá ter uma semana chuvosa —o estado ainda se recupera dos últimos temporais.

“Com isso, a maior parte do país terá uma longa sequência de dias de sol forte e calor muito acima do normal para esta época do ano”, afirma a agência.

Em seu site, a MetSul Meteorologia afirmou que as marcas esperadas entre esta semana e a próxima vão superar em muito os valores médios históricos de temperatura máxima nas cinco regiões do país.

Leia também   Anvisa aprova nova vacina contra a dengue

A meteorologista Josélia Pegorim, da Climatempo, afirmou à Folha que há a possibilidade de São Paulo registrar o dia mais quente do ano —o recorde atual de 2023 foi atingido na última quarta-feira (13), quando o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) registrou 33,3°C no estação meteorológica instalada no mirante de Santana, na zona norte da capital paulista.

Conforme o instituto, a temperatura deverá oscilar entre 19°C e 32°C na cidade de São Paulo nesta segunda-feira (18). Gradualmente, os termômetros sobem durante a semana e devem alcançar os 34°C já na quarta-feira (20).

Leia também   Caminhoneiros avaliam eventual paralisação a partir do próximo domingo

O inverno termina no próximo sábado (23), às 3h50 (horário de Brasília). É justamente no próximo fim de semana, afirma a Climatempo, que a capital paulista deverá ter seu pico de calor dos próximos dias.

No interior de São Paulo, cidades das regiões oeste, noroeste e norte podem registrar vários dias com temperatura em torno de 40°C.

No litoral norte de São Paulo, já nesta segunda-feira São Sebastião deverá ter máxima de 38°C no meio da tarde.

Em Guarujá, na Baixada Santista, tanto nesta segunda quanto na terça (19), há tendência de o calor bater nos 34°C.

Leia também   “Janeiro a gente começa a vacinar todo mundo”, diz ministro da Saúde

O CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências), da Prefeitura de São Paulo, alerta para os baixos índices de umidade.

Na tarde deste domingo (17), por exemplo, a umidade relativa do ar estava, em média, em 25% na cidade —a OMS (Organização Mundial da Saúde) indica que a índice inferior a 60% é prejudicial à saúde.

O órgão municipal também alerta que essas condições meteorológicas dificultam a dispersão de poluentes, além de favorecer a formação e propagação de queimadas, o que prejudica a qualidade do ar.

(Folha de São Paulo)

Read Previous

7 alimentos que ajudam a previnir Alzheimer e outras demências

Read Next

OMS cobra da China ‘acesso total’ para investigar origem da Covid-19