• 16/06/2024

Empresas se mobilizam para ajudar populações afetadas pelas chuvas no RS

Empresas dos mais variados setores no Brasil estão unindo esforços para ajudar as populações atingidas pela maior tragédia climática da história do Rio Grande do Sul. Em face das fortes chuvas e inundações que têm assolado o estado e provocado estragos em diversas cidades, com o mais recente episódio de inundação em Porto Alegre, a solidariedade e a ação conjunta tornaram-se imperativos.

Desde grandes marcas até pequenos negócios locais, todos estão contribuindo de alguma forma para mitigar os impactos desses desastres naturais. Algumas estão direcionando recursos financeiros para apoio emergencial, contribuindo com doações para compra de alimentos, água potável, roupas e itens de primeira necessidade. Outras estão disponibilizando suas estruturas e logística para o transporte e distribuição desses suprimentos às áreas mais necessitadas.

Abaixo, EXAME listou algumas das iniciativas que estão sendo promovidas por diferentes marcas:

Mercado Livre e ONG Ação da Cidadania

O Mercado Livre, junto com o seu banco digital Mercado Pago, anunciou a doação de R$ 1 milhãopara a ONG Ação da Cidadania, com o objetivo de fornecer assistência imediata às áreas mais impactadas. Os recursos serão destinados a compras de kits de artigos de uso emergencial como colchões, cobertores, água potável, alimentos de cesta básica, artigos de cama-mesa-banho e higiene pessoal. A entrega dos kits será gerenciada pela própria entidade, em colaboração com a Força Aérea Brasileira.

Usuários do Mercado Pago também podem colaborar, a partir de R$ 5. Por meio do Botão Doar – uma funcionalidade permanente dentro do aplicativo do banco digital – os usuários podem contribuir com doações de apoio à comunidade no RS. Os valores serão revertidos ao atendimento a essas famílias que estão em risco por meio da ONG Ação da Cidadania.

Leia também   Fiocruz entrega vacinas contra covid-19 produzidas no Brasil

Saiba como ajudar:

  • 1. Abra o app (Google Play ou App Store) do Mercado Pago e clique em ‘Ver Mais’;
  • 2. Em seguida, acesse o botão ‘Doar’, selecione “SOS Chuvas RS” e clique em ‘Doar’;
  • 3. Escolha o valor desejado e faça sua doação.

Instituto Gol e CUFA

O Instituto Gol, braço gestor de inclusão social e desenvolvimento socioeconômico da Gol Linhas Aéreas, e a CUFA (Central Única das Favelas) se uniram em campanha para arrecadar roupas, roupas de cama e banho, itens de higiene pessoal e utensílios domésticos, os quais serão destinados às vítimas das chuvas que perderam suas casas ou estão em situação de vulnerabilidade.

A GOLLOG, unidade de soluções logísticas da Gol, é responsável por receber as doações da CUFA e da população em geral que quiser doar, e transportar aos aeroportos mais próximos das cidades atingidas assim que for possível. Os interessados em prestar colaboração precisam levar as doações devidamente embaladas até o posto de coleta de uma unidade GOLLOG mais próxima. Veja a lista completa de endereços das lojas de coleta aqui (muitas delas funcionam nos aeroportos onde a Gol mantém operações).

Leia também   Leia medidas para prevenir fraudes financeiras no Carnaval

Movimento União BR

O Movimento União BR, organização especializada em criar hubs de emergência por todo o Brasil, atuando no RS, em parceria com o governo do estado, Defesa Civil, ONGs locais, cozinhas solidárias e diversas empresas e entidades. Entre elas: Instituto Helda Gerdau, Febraban, Vibra, Itaú Unibanco, Instituto Stone, seguradoras Zurich e Zurich Santander, Latam, Fedex, XP inc, Ultragaz, Grupo Boticário, Ypê, Seguradora HDI, Esportes da Sorte, Instituto Far Hinode, Instituto Lojas Renner, BrazilFoundation, farmacêutica Vitamedic, VNP Advogados, Grupo Trigo, Fundação Gerações e Instituto Carisma. O Instituto da Criança é o gestor financeiro da campanha.

O trabalho do Movimento União BR no RS foi iniciado assim que as chuvas impactaram as cidades em setembro de 2023. A entidade já havia entregado mais de 300 mil itens de limpeza, 190 mil refeições desidratadas nutritivas, 600 colchões, 26 mil vitaminas, toneladas de alimentos, gás, empilhadeira e paleteira para estrutura dos depósitos da Defesa Civil. Ao todo, o Movimento União BR já tinha investido mais de R$ 6 milhões no estado.

Correios e Defesa Civil

A rede de agências dos Correios nos estados de São Paulo e Paraná, além de parte das unidades no RS vão recebero doações para as vitimas das fortes chuvas que deixaram mortos e afetaram mais da metade dos municípios gaúchos. A ação tem início nesta segunda-feira, 6. Os Correios vão aceitar doações de alimentos da cesta básica, produtos de higiene pessoal, material de higiene seco e roupas. O transporte dos itens será realizado sem custos para os doadores.

Leia também   Aeroportos do país terão fluxo maior de passageiros em dezembro

BRF

A BRF e o Instituto BRF uniram forças para apoiar as vítimas das chuvas da região Sul, por meio de um Fundo de Ajuda Humanitária. A cada R$ 1 doado por voluntários, até o 20 de maio, a BRF somará mais R$ 1 cada, duplicando o valor da doação. O aporte da BRF tem um limite pré-aprovado de R$ 200 mil. As doações poderão ser feitas para:

  • Chave PIX: [email protected]
    Banco do Brasil
    Agência: 1893-7
    Conta Corrente: 7341-5
    CNPJ: 15.589.929/0001-75

Como as empresas podem ajudar?

Empresas e pessoas físicas podem ajudar o estado por meio de transferência de dinheiro via PIX, diretamente para a conta oficial do governo.

  • PIX (CNPJ): 92.958.800/0001-38
  • Conta SOS Rio Grande do Sul
  • Banco do Estado do Rio Grande do Sul (Banrisul)

Atenção: quando realizar a operação, confirme que o nome da conta que aparece é “SOS Rio Grande do Sul” e que o banco é o Banrisul.

Como fazer doações no local?

Empresas, grupos de serviço e organizações que desejarem enviar doações deverão contatar previamente a Defesa Civil do Estado no telefone (51) 3120-4255 para tratativas envolvendo a logística do material. As doações estão sendo direcionadas para centros específicos e a Defesa Civil reforça quais produtos e alimentos poderão ser doados. Saiba mais aqui.

(Portal Exame)

Read Previous

Israel anuncia fechamento de passagem de fronteira com Gaza após ataque com foguetes

Read Next

Dia Mundial do Trânsito e da Cortesia ao Volante é celebrado com conscientização no Parque da Cidade