• 20/06/2024

Brasil já registrou 75 mortes por dengue e mais de 500 mil casos em 2024

O Brasil já registrou 75 mortes causadas pelo vírus da dengue neste ano, e há mais 340 óbitos em investigação, segundo o Painel de Monitoramento de Arboviroses do Ministério da Saúde. Entre janeiro e fevereiro, o País já registrou 512 mil infectados pela doença em todo o território nacional.

Veja também

Enem dos Concursos: Concurso Nacional Unificado tem número recorde de inscritos

De acordo com os dados divulgados pela pasta da Saúde, a maior incidência de casos ocorreu, até o momento, em mulheres, que representam 54,9% dos casos, ante 45,1% em homens. A última atualização do levantamento é da segunda-feira,12.

Leia também   O horário de verão somente retornará em 2023 caso existam 'evidências' que comprovem sua necessidade, de acordo com o ministro

Em números totais de casos, o Estado de Minas Gerais tem atualmente o maior coeficiente de infectados prováveis do País, com 171 mil infecções prováveis, seguido de São Paulo, com 83 mil, e Paraná, com 55 mil.

Ainda segundo o painel do ministério, ao avaliar os casos a cada 100 mil habitantes, o Distrito Federal tem o maior coeficiente de incidência, com 2,2 mil casos por 100 mil, seguido de Minas, com 836 por cem mil, e o Acre, com 582 casos por cem mil.

No mesmo período, o País também teve 29 mil casos prováveis de chikungunya, dos quais quatro óbitos foram confirmados e 31 estão em fase de investigação.

Leia também   Lojas do Carrefour são alvo de protestos e ataques após assassinato de homem negro

Houve ainda 341 casos positivos de zika, sem nenhuma morte associada, segundo o painel de monitoramento.

Como se proteger?

A melhor forma de evitar a transmissão da dengue é combater a proliferação do mosquito Aedes aegypti.

Para isso, o importante é eliminar possíveis locais de armazenamento de água:

– Mantenha a caixa d’água fechada;

– Mantenha tonéis e barris d’água tampados;

– Lave semanalmente os tanques utilizados para armazenar água com escova e sabão;

– Encha até a borda os pratos das plantas com areia;

– Coloque no lixo todo objeto não utilizado que possa acumular água;

Leia também   Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 10 milhões

– Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira bem fechada;

– Mantenha as calhas limpas;

– Não deixe água acumulada sobre a laje.

Quais os sintomas?

– Febre alta;

– Dor no corpo e nas articulações;

– Dor atrás dos olhos;

– Mal-estar;

– Dor de cabeça;

– Manchas vermelhas no corpo.

(Estadão Conteúdo)

Read Previous

Fim do feriado: saiba como regular o sono para voltar à rotina

Read Next

Retirada de recursos da poupança pressiona mercado imobiliário