• 3 de agosto de 2021

Do A ao E: As 5 vitaminas que previnem as doenças de inverno

O inverno é uma estação muito sensível para algumas pessoas. A mudança brusca na temperatura, aliada a um tempo mais seco que o outono, pode mexer com o organismo e baixar a imunidade. Por isso, o Minuto Saudável, área de conteúdos de saúde do Consulta Remédios, maior plataforma de buscas de medicamentos do Brasil, separou uma lista das vitaminas recomendadas para prevenir resfriados e doenças.

Veja também

4 cuidados e 3 vantagens de treinar no inverno

“Neste momento, o ideal é focarmos no fortalecimento do sistema imunológico. A suplementação é uma alternativa, sim, mas a maioria dessas vitaminas podem ser adquiridas a partir de uma alimentação de qualidade”, recomenda Angela Federau, nutricionista parceira do Minuto Saudável..

Confira abaixo uma lista de alimentos recomendados para o inverno, que podem auxiliar na aquisição desses nutrientes:

Vitamina A: Uma das vitaminas que atuam na proteção do corpo de infecções, a Vitamina A também é responsável pela renovação das células. Caso o corpo entre em contato com vírus e bactérias, mais comuns no frio, as células de defesa atuarão para defender o organismo de forma mais ágil. A Vitamina A está presente nos vegetais como o espinafre, cenoura e abóbora. Além disso, a gema do ovo e os óleos de peixes também possuem a  vitamina.

Leia também   Prepare-se para a chegada do Inverno

Vitaminas do complexo B: As vitaminas do complexo B são muito importantes para um funcionamento pleno do organismo durante o inverno: elas atuam em diversos processos metabólicos do corpo e, também, reduzem as chances de inflamações (B6 e B9). São encontradas na soja, lentilha, carnes, arroz integral, feijão e na banana.

Vitamina C: A vitamina C é vital prevenção de gripes e resfriados. Por coincidência, é uma das que consumimos menos no inverno: temos a tendências de ingerir menor quantidade de salada nesse período, como tomate, brócolis e couve-flor, e muitos desses alimentos contêm altos índices da vitamina. Por isso, dê preferência ao consumo deles e também de pimentão e outros vegetais verdes.

Leia também   Veja os benefícios da pitaya e por que ela ajuda a emagrecer

Vitamina D: Oriunda de uma substância derivada do colesterol presente na pele, a Vitamina D é responsável por facilitar a absorção de cálcio pelo organismo e também previne doenças como obesidade e diabetes. Uma exposição saudável diária ao sol, por cerca de 20 minutos, é considerada a ideal para manter os níveis. Como no inverno isso é mais difícil, é recomendada uma alimentação com atum, salmão e ovo cozido, entre outros. É recomendado, também, um exame esporádico para saber os níveis. Em alguns casos, a suplementação de Vitamina  pode ser o caminho mais indicado.

Vitamina E, com ação antioxidante e auxílio na prevenção de doenças

Leia também   Micro e pequenas empresas geraram 75% dos empregos formais em janeiro

A Vitamina E ajuda na prevenção de doenças como câncer, diabetes e problemas cardiovasculares. Você pode encontrar altos índices do nutriente na castanha-do-pará, amendoim, nozes, óleos vegetais e vegetais verdes-escuros. Vale ressaltar que a vitamina possui alta ação antioxidante e contribui para o equilíbrio e funcionamento pleno do sistema imunológico.

Alimentação saudável antes do inverno ajuda a evitar suplementação

Angela Federau reforça que, apesar de parecer mais simples reforçar a saúde com um suplemento ou composto vitamínico, o ideal mesmo é apostar na boa alimentação bem antes das temperaturas começarem a baixar.

“Não é nenhuma novidade que um cardápio equilibrado e hábitos saudáveis são a chave para um organismo mais preparado para combater infecções e agentes externos danosos. Por isso, vale mudar o cardápio antes de recorrer aos suplementos e caso precise usá-los, somente com orientação médica ou nutricional”, conclui.

(Sportlife)

Read Previous

Quadro de saúde apresenta melhora e Bolsonaro pode receber alta amanhã

Read Next

Fiocruz receberá nova remessa de insumos para vacina contra Covid-19