• 26 de janeiro de 2021

Câncer de pulmão de Ana Maria é grave. Entenda o adenocarcinoma

Na manhã desta segunda-feira (27/01/2020), a apresentadora Ana Maria Braga revelou que inicia nova batalha para tratar um câncer. Desta vez, trata-se de um adenocarcinoma de pulmão. É a terceira vez que Ana Maria enfrenta a doença e, ao anunciar a notícia no Mais Você, ela se mostrou esperançosa e confiante. A apresentadora começa o tratamento imediatamente, pois a doença é agressiva.

O adenocarcinoma é um tipo de câncer que se origina nos tecidos glandulares, que são aqueles formados por células com capacidade de secretar substâncias para o organismo. Este tipo de tumor pode se desenvolver em diversos órgãos do corpo, incluindo próstata, estômago, intestino, pulmões, mamas, útero ou no pâncreas, por exemplo.

Leia também   Pandemia acelera mudança no trabalho de humanos para robôs, diz estudo

No caso de Ana Maria é um adenocarcinoma de pulmão. Os tumores deste tipo são os mais comuns entre os cânceres do pulmão, representando cerca de 30% dos casos. São neoplasias agressivas, por isso, é importante que o tratamento seja iniciado o mais breve possível, assim que identificado.

De uma forma geral, os adenocarcinomas são de difícil remoção por cirurgia, com crescimento rápido e de caráter agressivo, pois têm capacidade de gerar metástases, entretanto, há características específicas de acordo com cada tipo e estágio. Em seu relato, Ana Maria informou que não será possível fazer uma cirurgia para retirada do tumor e que o tratamento será por quimioterapia e imunoterapia.

Leia também   Covid-19: Governo de Goiás cria 762 leitos e mantém 15 unidades para atendimento em todas as macrorregiões do Estado

(Portal Tua Saúde)

Avatar

Destaque DF

Read Previous

Basquete feminino: de malas prontas para Pré-Olímpico Mundial

Read Next

Enfermeiros poderão prescrever medicamentos e solicitar exames