• 14/06/2024

Mundo começa a dar boas-vindas ao Ano Novo

Neozelandeses estiveram entre as primeiras pessoas do mundo a comemorar a chegada de 2024 com fogos de artifício em Auckland na segunda-feira (horário local). Os fogos iluminaram o nublado céu noturno e foram acompanhados por um show de lasers e animações.

Veja também

Aneel mantém bandeira verde nas contas de luz em janeiro de 2024

E foi assim que alguns outros lugares e pessoas ao redor do mundo se despediram de 2023 e deram boas-vindas ao Ano Novo: Sydney, na Austrália, saudou 2024 com uma deslumbrante queima de fogos de artifício com pirotecnias em prata e ouro para marcar o 50º aniversário de sua famosa Ópera.

Leia também   Ano de 2022 foi o quinto mais quente no mundo

Em Moscou, o presidente russo Vladimir Putin, com uma eleição marcada para março, fez apenas uma referência de passagem em seu discurso de Ano Novo neste domingo (31) à sua guerra na Ucrânia, saudando seus soldados como heróis, mas principalmente enfatizando unidade e determinação compartilhada.

O presidente da China, Xi Jinping, falando hoje em um discurso pela televisão para marcar o Ano Novo, disse que o país consolidou e reforçará a tendência positiva de sua recuperação econômica em 2024 e sustentará o desenvolvimento econômico de longo prazo com reformas mais profundas.

Leia também   China tem pior semana de Covid-19 desde controle da epidemia original

A Coreia do Norte prometeu lançar três novos satélites espiões, construir drones militares e reforçar seu arsenal nuclear em 2024, com o líder Kim Jong Un dizendo que a política dos EUA está tornando uma guerra inevitável, segundo a imprensa estatal publicou neste domingo.

No Vaticano, em suas orações de domingo, o papa Francisco disse: “Desejo a todos um fim de ano pacífico e, por favor, não
esqueçam de rezar por mim”.

(Reuters)

Read Previous

“Prova muito forte”, avalia queniana vencedora da São Silvestre

Read Next

Salário mínimo de R$ 1.412 entra em vigor nesta segunda-feira