• 24/07/2024

Dorival projeta Seleção Brasileira com Neymar e Estêvão em próxima convocação

Dorival Júnior já pensa na próxima convocação da Seleção Brasileira, e os nomes de Neymar e Estêvão podem pintar como novidades em relação à equipe da Copa América. Em entrevista ao portal ge, o técnico do Brasil projetou a próxima lista de convocados e comentou a situação dos atacantes de Al-Hilal e Palmeiras, respectivamente.

“Olha, é tudo que nós estamos trabalhando. Para que o protagonismo se divida. Estamos procurando fazer com que todos nós chamemos um pouco mais da responsabilidade para que ali na frente o Neymar possa complementar ou completar tudo isso. Nós precisamos fazer com que o Neymar tenha tranquilidade para poder jogar dentro das suas melhores condições. Que ele busque ser mais uma peça, naturalmente, porque é um jogador muito importante, diferenciado, acima da média”, disse Dorival.

Leia também   Duas mulheres depõem contra Daniel Alves em julgamento na Espanha

A expectativa é que Neymar já esteja de volta aos gramados e atuando pelo Al-Hilal na data da próxima convocação da Seleção Brasileira, que enfrentará Equador e Paraguai em setembro, em jogos pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2026. Quem também pode ganhar oportunidade com Dorival Júnior é o jovem Estêvão, destaque do Palmeiras no Brasileirão.

“O Estevão é um menino que no momento da convocação ainda não era titular da Sociedade Esportiva Palmeiras, hoje já vive um momento diferente. Todos serão observados, todo jogador brasileiro, em qualquer parte do mundo, vem sendo observado. Nós não paramos. Esse trabalho é um trabalho contínuo. É um trabalho delicado, minucioso, para que ele não erre. Eu acho que a maioria dos jogadores que foram convocados aí tiveram a aceitação de um modo do público. Nós estamos sendo bem criteriosos em tudo isso. Saímos de uma Copa América fortalecido, eu garanto isso – comentou o treinador do Brasil.

Leia também   Com brilho de Darlan, Brasil supera República Tcheca por 3 sets a 2

Dorival Júnior assumiu o comando da Seleção Brasileira em janeiro deste ano e fez sua estreia em março, com amistosos na Europa. Desde então, são oito partidas do técnico à frente da equipe, com três vitórias e cinco empates – o último deles contra o Uruguai, que terminou em eliminação nos pênaltis nas quartas de final da Copa América.

Lance!

Read Previous

Entenda a importância das brincadeiras durante as férias

Read Next

Saiba o que muda no ensino médio com novo texto aprovado no Congresso