• 22 de janeiro de 2022

Em reaplicação do Enem 2021, 67% dos inscritos faltaram à prova

Por Agência Brasil 

Dos 340.659 inscritos, apenas 33,2% (112.931) compareceram, no domingo (9), ao primeiro dia de provas da reaplicação da edição 2021 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os ausentes somaram 227.728, o que representa 68,8% do total de inscritos.

Veja também

Começa neste domingo a reaplicação do Enem

O número de faltosos foi divulgado hoje (11) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). A abstenção foi maior (72,7%) entre aqueles que obtiveram o direito à isenção de taxa de inscrição após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) tomada em setembro.

A maior taxa de comparecimento foi registrada entre pessoas privadas de liberdade ou submetidas a medidas socioeducativas que incluam privação de liberdade (Enem PPL). Nesse caso 34.190 participantes realizaram, 63% dos 54.227 inscritos.

Leia também   Saiba como criar login único para acesso ao Enem

Se considerados somente os inscritos com isenção de taxa e aqueles que tiveram direito a fazer a prova devido a alguma dificuldade na primeira aplicação, o maior nível de abstenção foi registrado em Minas Gerais, de 76,4%. O estado foi atingido por fortes chuvas no fim de semana, quando foram registradas diversas interdições provocadas por enchentes e desabamentos nas rodovias.

As demais unidades da federação, porém, não ficaram muito atrás, e também registraram número alto de faltosos, como Mato Grosso do Sul (75,8%), Goiás (75,1%) e Tocantins (74,7%). Em números absolutos, a abstenção foi maior em São Paulo, onde 29.191, ou o equivalente a 74,6% dos 39.152 inscritos, faltaram.

Dados do Enem 2021 são divulgados
Dados do Enem 2021 são divulgados – Divulgação/MEC

Números

Tiveram direito a participar da reaplicação do Enem 2021 as pessoas com direito à isenção de taxa por decisão judicial e os participantes que tiveram pedido aceito devido a alguma dificuldade na primeira aplicação, além das pessoas privadas de liberdade que se inscreveram no Enem PPL.

Leia também   Auxílio Brasil integrará estudantes à Bolsa de Iniciação Científica

Assim como no Enem regular, os participantes farão em dois domingos quatro provas objetivas de 180 questões, sendo 45 questões em cada área do conhecimento: linguagens, ciências humanas, ciências da natureza e matemática, além da prova de redação.

No domingo (9), foram aplicadas as provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias e Redação. No próximo domingo (16) serão aplicados os exames de matemática e ciências da natureza.

Ao todo, são 4.618 locais de prova, sendo 1.435 para o Enem PPL, 2.249 para os participantes isentos que se inscreveram após nova oportunidade e 934 para a reaplicação de quem teve o pedido aceito.

Leia também   Ministro da Educação defende retorno das aulas presenciais

Com relação à equipe de aplicação, há 54.053 pessoas envolvidas, sendo 10.470 para o Enem PPL, 40.315 para os isentos ausentes do Enem 2020 e 3.268 da reaplicação.

Read Previous

OMS: Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 semanas

Read Next

BRB e AMERICANET firmam parceria negocial para oferta de produtos financeiros