• 20/06/2024

Tem dívidas com os bancos? Mutirão dá desconto em taxa de juros e aumenta prazo de pagamento

Os consumidores que estão endividados com os bancos poderão renegociar dívidas em um mutirão que acontecerá entre os dias 15 de março e 15 de abril. A iniciativa é da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) em parceria com o Banco Central do Brasil, a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) e Procons de todo o país.

Poderão ser negociadas dívidas no cartão de crédito, cheque especial, crédito consignado e demais modalidades de crédito contraídas de bancos e instituições financeiras, que estejam em atraso e não possuam bens dados em garantia ou prescritas. De acordo com a Febraban, os bancos estarão empenhados em trazer benefícios para o cliente e melhores condições daquelas já existentes no contrato.

Leia também   Guedes: plano para 10 anos inclui privatizar Petrobras e Banco do Brasil

Segundo Amaury Oliva, diretor-executivo de Cidadania Financeira da Febraban, a renegociação de dívidas inclui redução de taxas, extensão dos prazos para pagamento, alteração nas condições de pagamento, migração para outras modalidades de crédito mais baratas, de acordo com a política de cada instituição participante.

Como renegociar as dívidas com os bancos

A negociação poderá ser feita diretamente com a instituição financeira credora, em seus canais oficiais, ou pelo portal consumidor.gov.br, lembrando que o consumidor precisa ter sua conta Prata ou Ouro.

Além disso, na página do Mutirão 2024, criada para orientar o consumidor sobre como participar da campanha, há vídeos mostrando o passo a passo para negociar as dívidas e a lista das instituições participantes do Mutirão Nacional 2024, incluindo Procons.

Leia também   Governo proíbe a criação de fundos de previdência exclusivos para super-ricos

Além disso, o consumidor encontrará conteúdo exclusivo sobre orientação financeira e acesso a outros canais, como o Registrato, sistema do Banco Central por meio do qual é possível acessar, entre outros, o Relatório de Empréstimos e Financiamentos (SCR), que contém a lista de dívidas em nome do consumidor perante as instituições financeiras.

Desenrola

O Mutirão Nacional se soma a outras iniciativas apoiadas pelos bancos, como o programa Desenrola Brasil, do governo federal, por meio do qual foram negociados 3,33 milhões de contratos no período entre 17 de julho e 31 de dezembro de 2023, beneficiando um universo de 2,7 milhões de consumidores.

Leia também   Prazo de inscrição de credores no Desenrola Brasil é prorrogado até 12 de setembro

Foram renegociados R$ 24,2 bilhões em volume financeiro, exclusivamente pela Faixa 2, em que os débitos foram negociados diretamente com a instituição credora, em condições especiais. Também foram retirados de anotações negativas (restrições) cerca de 6 milhões de registros de clientes que tinham dívidas bancárias de até 100 reais.

(Portal Exame)

Read Previous

STF reconhece licença-maternidade a não gestante em união homoafetiva

Read Next

Senado aprova isenção de IPVA para carros com mais de 20 anos