• 23/04/2024

Como usar o 13° salário? Veja formas de aproveitar o benefício

O 13° salário é um benefício muito aguardado por trabalhadores com carteira assinada nesta reta final do ano. O valor equivale à metade do salário bruto e deve ser distribuído em duas parcelas: a primeira entre 1º de fevereiro e 30 de novembro; e a segunda até 20 de dezembro.

Veja também

Federação dos bancos dá dicas de como evitar golpes na Black Friday

Por isso, o 13° salário representa um alívio no orçamento doméstico de muitas famílias, pois coincide com o aumento de gastos típicos da virada de ano. O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) estima que o pagamento da primeira parcela do 13° salário beneficiará 87, 7 milhões de brasileiros.

De acordo com Jarbas Thaunahy, professor de Finanças na Strong Business School, o pagamento do 13º salário desempenha um papel crucial na gestão financeira dos brasileiros, permitindo o pagamento de despesas extras, a compra de presentes e o planejamento de viagens, por exemplo.

Leia também   Governo disponibilizará consignado a beneficiários do Auxílio Brasil nesta semana

“Esse recurso adicional contribui para a melhoria do bem-estar financeiro dos trabalhadores e de suas famílias. Contudo, é importante destacar que, apesar de ser uma prática consolidada no Brasil, a utilização do 13º salário pode variar de acordo com a realidade de cada setor econômico e a situação financeira das empresas”, pondera.

Como usar o 13° salário?

O 13° salário pode ser utilizado para diferentes finalidades, mas é importante planejar-se para conseguir aproveitar o benefício sem prejudicar as suas finanças pessoais.

Abaixo, o especialista elencou 7 formas conscientes de utilizar o 13° salário. Confira:

1. Quitação de dívidas

O 13° salário é um valor muito importante para a quitação de dívidas pendentes, como empréstimos, financiamentos ou faturas de cartão de crédito. Segundo a Confederação Nacional do Comércio, o endividamento atingiu 77,9% dos brasileiros em 2022.

Leia também   Receita Federal paga lote residual de restituição do Imposto de Renda; veja como consultar

2. Reserva financeira

A reserva financeira é essencial para garantir segurança financeira e evitar preocupações em situações imprevistas.

Sendo assim, você pode utilizar o 13° salário para começar a sua reserva financeira para emergências ou investimentos futuros.

3. Compras de final de ano

Se você já tem uma reserva financeira e quitou todas as suas dívidas, então pode utilizar o seu 13° salário para a compra de presentes de Natal, alimentos para as festas e outros itens relacionados às celebrações de fim de ano.

4. Investimentos

Outra forma de usar o 13° salário é investindo parte do dinheiro em instrumentos financeiros, como poupança, renda fixa ou até mesmo em modalidades mais complexas para aumentar o patrimônio ao longo do tempo.

Leia também   Teto do crédito consignado do INSS sobe para 1,97% ao mês

5. Lazer e viagens

O 13º salário também pode ser utilizado para custear atividades de lazer, viagens ou para realizar pequenos luxos que normalmente não estão no orçamento mensal.

6. Manutenção residencial e veicular

Conforme o especialista, o 13° salário ainda pode ser direcionado para a realização de reparos ou melhorias em suas residências ou veículos.

7. Educação

Investir em educação, seja próprio ou dos filhos, é outra forma de usar o 13º salário. O valor pode ser destinado ao pagamento de mensalidades escolares, cursos ou compra de materiais educativos.

Alto Astral

Read Previous

DF tem a menor taxa de desemprego do ano

Read Next

Brasil abre 190.366 vagas de trabalho em outubro e supera previsão, mas cai em relação a setembro