• 16/06/2024

Mais de 17 mil crianças já foram vacinadas contra a dengue no DF

Desde o início da campanha em 9 de fevereiro até sexta-feira (16), a Secretaria de Saúde (SES-DF) já administrou mais de 17,6 mil doses contra a dengue. Na capital federal, a rede disponibiliza 64 locais de vacinação, onde equipes também atualizam as cadernetas, oferecendo imunizantes contra o papilomavírus humano (HPV), meningite, tétano, entre outras doenças. A lista completa de endereços e horários está disponível no site da pasta.

Márcia Marques levou o filho Enzo para ser vacinado contra a dengue neste sábado (17) | Foto: Jhonatan Cantarelle/Agência Saúde-DF

Não há restrições para receber outras vacinas junto à dose contra a dengue, desde que não contenham vírus atenuados, como no caso da vacina da febre amarela. Vale ressaltar que a campanha é voltada apenas a crianças de 10 e 11 anos (11 anos, 11 meses e 29 dias), conforme orientação do Ministério da Saúde. É necessário comparecer com os pais ou responsáveis, documento de identidade e caderneta de vacinação.

Moradora da Estrutural, Márcia Marques, 33, levou o filho Enzo, 10, para se vacinar contra a dengue neste sábado (17), em Dia D de combate à doença promovido pela SES-DF em parceria com a Secretaria de Justiça (Sejus-DF). “É ótimo ter esse tipo de ação tão próxima de casa. Podem fazer ainda mais eventos oferecendo serviços assim”, sugeriu. Enzo, corajoso, não hesitou em receber a dose: “Eu não quero ficar doente, não tenho medo.”

Ao lado, aguardando a sua vez, a pequena Clara, 11, estava acompanhada da mãe, Iara Soares. “Acordei cedo para trazê-la, o que me poupou de ter que sair do trabalho durante a semana para fazer isso. Agora posso ficar mais tranquila”, relata. “Eu não queria tomar vacina não, mas minha mãe prometeu um algodão-doce”, complementou a filha.

Crianças com sintomas de dengue ou que tenham tido a doença devem aguardar seis meses para iniciar o esquema vacinal, composto por duas doses com intervalo de 90 dias. Mais orientações podem ser obtidas diretamente com as equipes das unidades básicas de saúde (UBSs).

Concentração de vacinas

A Região de Saúde Sudoeste – área que compreende Águas Claras, Recanto das Emas, Samambaia, Taguatinga e Vicente Pires – registrou o maior número de doses aplicadas, totalizando 3.359 aplicações. Para a coordenadora de Atenção Primária à Saúde, Sandra Araújo, o resultado foi muito satisfatório. “Agradecemos todo o apoio da população que aderiu à campanha e dos servidores que se mobilizaram para atender a demanda. São mais de 17 mil crianças protegidas.”

(Agência Brasília)

Leia também   Decisão do TCU impede GDF de pagar 3ª parcela do reajuste salarial para servidores

Read Previous

Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio acumulado em R$ 58 milhões

Read Next

Prazo para pagamento da primeira parcela do IPVA termina nesta segunda