• 3 de agosto de 2021

GDF ajuda empresas a superarem e crescerem durante a crise

Em busca da retomada da economia do Distrito Federal, o Governo do Distrito Federal (GDF), juntamente com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do DF (Senai-DF), entregou, na nesta quarta-feira (14), certificados a empresas que participaram do programa DF+ Produtivo. Mais de 40 empresários solicitaram, gratuitamente, a consultoria oferecida pelo Senai para otimizar e melhorar as linhas de produção de seus negócios.

Veja também

População do DF com mais de 70 anos está 100% imunizada

No total, o DF pretende atender 400 empresas dentro do DF+ Produtivo, que está sob coordenação da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), por meio da Fundação de Apoio à Pesquisa do DF (FAP-DF), com foco na inovação e na modernização para o setor produtivo.

“O grande diferencial é oferecer isso para os empresários, neste momento em que qualquer centavo pode representar o não fechamento de uma empresa”, explicou a gerente do projeto no Senai, Alessandra Machado. De acordo com ela, o aumento de produtividade por meio na diminuição do desperdício significa, a médio prazo, mais rendimentos para a empresa.

“Trabalhamos dentro das empresas a organização de base. Identificamos onde o empresário está perdendo, diminuímos e até eliminamos o desperdício e, assim, a empresa passa a produzir mais. Este é o caminho da sustentabilidade e da produtividade”, completou Alessandra.

Leia também   Mais fluidez para 50 mil veículos no DF

Quem, efetivamente, teve a oportunidade de participar do DF+ Produtivo nesta primeira fase, aprovou. “O objetivo do programa, quando começamos, era aumentar 20% da produtividade na empresa, mas já conseguimos um aumento de 60%”, destacou a gerente de produção de uma empresa do setor de alimentos, Deborah Monteiro.

“Conseguimos excelentes resultados, de mais de 40%. Nem acredito que isso esteja acontecendo”, disse a proprietária de outra empresa, no setor de vestuário, Cecília Albina.

Produtividade, emprego e renda

A consultoria é aplicada por técnicos do Senai-DF, que utilizam metodologias modernas para cada empresa, com o objetivo de aumentar a produtividade e reduzir os custos dos empreendimentos.

“Programas como este são muito importantes porque, efetivamente, vemos retorno para a sociedade, com a geração de emprego e renda”, enfatiza o presidente da FAP-DF, Marco Antônio Costa Júnior.

O DF + Produtivo é voltado ao ganho de produtividade. O foco é a redução de desperdícios como atividades sequenciais desnecessárias, estoque excessivo, má utilização do capital humano e tempo de espera em vão. Cada consultoria levará, em média, de três a quatro meses. A meta é que as empresas tenham aumento de no mínimo 20% de produtividade após a intervenção do Senai-DF.

Leia também   Caixa já pagou 42% do valor disponível para saque imediato do FGTS

“Porém, já foi alcançado 70% neste ganho”, destaca o presidente da Federação das Indústrias do Distrito Federal (Fibra-DF) e presidente do Conselho do Senai-DF, Jamal Jorge Bittar. “Esta é uma ação muito bem-sucedida”, completou.

Investimento e incentivo ao empresário

O secretário de Tecnologia e Inovação, Gilvan Máximo, lembrou que o DF tem hoje o maior programa de capacitação técnica do Brasil, pelo qual já passaram mais de 1,8 mil pessoas. E ressaltou que “jovens estão entrando para o mercado graças à capacitação”. “Estamos investindo onde precisa ser investido e incentivando os empresários do Distrito Federal”, finalizou.

O governador em exercício, Paco Britto, reforçou a importância de atender os empresários da capital e colocá-los em posição de igualdade com os demais empreendedores nacionais. “Estamos investindo em aumento de produtividade, gerando redução de custos neste momento tão difícil, de crise gerada pela pandemia, e isso é vital para as empresas”, afirmou Paco.

De acordo com ele, “o governo está cuidando dos empresários, sem deixar de preservar vidas”. “Esta é uma determinação do governador Ibaneis Rocha”, pontuou.

Leia também   CUIDADO, MUITO CUIDADO! | Nova música de Eduardo Costa crítica políticos e quem vende voto

DF+ Produtividade

O Senai-DF realiza consultoria usando a metodologia de manufatura enxuta (lean manufacturing) em um processo produtivo, baseada na redução dos desperdícios mais comuns: superprodução, tempo de espera, transporte, excesso de processamento, inventário, movimento e defeitos. O tempo de atendimento é de 120 horas por empresa. Cerca de 48 empresas já passaram pelo programa, que não tem custos ao empresário.

Podem ser atendidos diversos ramos de empreendimentos, que vão desde os de alimentos; artefatos, cimento e concreto; construção civil; vestuário, entre outros. O DF + Produtivo é voltado ao ganho de produtividade. A meta é que as empresas tenham aumento de, no mínimo, 20% de produtividade após a intervenção do Senai-DF. Mas a média no ganho da produtividade já chega a 53%, segundo dados da instituição.

Para participar, as empresas devem realizar a autoavaliação para a avaliação de Maturidade (detectar que os processos se encontram em níveis distintos e que cada um pode ser avaliado para identificar qual o seu início no ciclo de melhoria contínua). Para mais informações, mande um e-mail para [email protected].

(Agência Brasília)

Read Previous

Médico que operou Bolsonaro após facada é chamado para examiná-lo

Read Next

Presidente Jair Bolsonaro não tem previsão de cirurgia