• 24/07/2024

Quinta parcela do IPVA 2024 vence na próxima semana

Donos de automóveis que optaram por parcelar o pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de 2024 devem ficar atentos. É que, na próxima semana, termina o prazo para o pagamento da quinta parcela. A data varia conforme o final da placa do veículo. A emissão do boleto pode ser feita pelo site da Receita do Distrito Federal, com o número do Renavam em mãos, ou por meio do aplicativo Economia DF.

Valor arrecadado com o pagamento do IPVA é destinado a áreas prioritárias, como educação, saúde e segurança | Foto: Paulo H. Carvalho/ Agência Brasília

Para as placas com final 1 ou 2, o prazo é a próxima segunda-feira (24). Para final 3 ou 4, o limite é a terça (25). No caso de 5 ou 6, o pagamento deve ser feito até quarta (26); 7 ou 8 podem pagar até a quinta (27) e 9 ou 0 têm até sexta (28).

Leia também   Confira as alterações no trânsito do Eixão nesta semana

As datas para pagamento constam na Portaria nº 337, de 14 de novembro de 2023, que estabeleceu a possibilidade de parcelamento em até seis vezes, em parcelas iguais e sucessivas que não podem ser inferiores a R$ 50 cada. Proprietários de veículos com IPVA menor que R$ 100 devem realizar o pagamento em cota única. A sexta – e última – parcela tem vencimento marcado para julho.

O IPVA de 2024 começou a ser pago em fevereiro. Até maio, foram arrecadados R$ 1,2 bilhão. A estimativa é de arrecadar R$ 1,7 bilhão. O valor é investido em áreas como educação, saúde, segurança e infraestrutura.

Leia também   GDF pagará hospitais particulares para zerar fila de cirurgias do SUS

Gerente de IPVA da Receita do DF, Edson Miranda Santos destacou que o montante arrecadado volta integralmente para o cidadão, em forma de serviços. “A arrecadação de impostos é importante para a implementação de políticas públicas do DF”, ressaltou.

O imposto é anual e obrigatório. Atrasos no pagamento podem levar à cobrança de juros e multas, bem como à inclusão do nome do devedor na Dívida Ativa do DF. Além disso, o motorista que trafegar em automóvel com IPVA em atraso pode ter o veículo apreendido pelo Departamento de Trânsito (Detran-DF) até que a situação seja regularizada.

Leia também   Codhab: pessoas com deficiência poderão ter casas reformadas

(Agência Brasília)

Read Previous

Vídeos curtos passam a ser a principal fonte de informação dos jovens, alerta relatório

Read Next

BRB sobe 50 posições e chega ao Top 100 das empresas mais valiosas do Brasil