• 14/06/2024

Fecomércio e Senac-DF realizam o seminário “A economia criativa seus sistemas de produção, circulação e consumo”

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do DF, ao lado do Senac-DF, do Sebrae-DF, da Universidade Católica do DF e do Governo do Distrito Federal realizou, nesta quinta (07), o seminário “A Economia Criativa e seus sistemas de produção, circulação e consumo”. A ideia do evento, realizado na Biblioteca Nacional, foi debater as atividades que envolvem o setor e a sua contribuição para a economia do DF.
O vice-presidente da Fecomércio-DF, Hélio Queiroz, afirmou que o mais importante é termos consciência de incentivar o trabalho do pequeno empreendedor a fim de valorizar a atividade. “Comprar do pequeno negócio, usar roupas fabricadas na cidade. Tudo isso desenvolve a economia criativa”, afirmou.
O diretor regional do Senac-DF, Vitor Corrêa, declarou que a instituição está construindo um vasto portfólios de cursos na área . “Queremos transformar nossa unidade do Setor Comercial Sul em um grande polo de Economia Criativa. Temos quatro andares, com mais de 3,5 mil metros quadrados, 30 espaços de ensino, para abrigarmos cursos de moda, games, design, tecnologia, beleza e mais. T certeza que reuniremos alunos de todo o DF, devido à localização privilegiada da unidade. A ideia é que as aulas tenham início no segundo semestre de 2025”, disse.

Leia também   Metrô-DF dá a largada para a Caravana de Natal na segunda-feira

Participaram da abertura o Secretário de Cultura e Economia Criativa do DF, Cláudio Abrantes; o Secretário de Ciência e Tecnologia, Leonardo Reisman; o Secretário de Turismo, Cristiano Araújo; o deputado distrital Max Maciel; a Secretária Executiva de Políticas Públicas do GDF, Meire Mota; e o Reitor da Universidade Católica do DF, Carlos Longo.

Read Previous

Dengue: três estados e DF ampliam idade de vacinação para 12 a 14 anos

Read Next

Dengue: apenas 2 de cada 10 vacinas entregues pelo SUS foram aplicadas