• 22 de janeiro de 2022

“Doe Amor, Doe Cobertor” em ajuda aos desabrigados da Bahia

Empresas de todo o Brasil, e também pessoas físicas, estão unidas para ajudar as 715 mil pessoas afetadas após as enchentes na Bahia. Entre as iniciativas está a parceria da agência Qu4tro Comunicação e Assessoria Estratégica, de Brasília, com a Equipe Lepin Enxovais, empresa sediada em São Paulo.

Segundo a Superintendência de Proteção e Defesa Civil da Bahia (Sudec), no balanço da última segunda-feira, as chuvas no estado da Bahia já causaram 26 mortes. No total, 715.634 pessoas foram afetadas em 166 cidades.

A agência de comunicação da capital do país enviou 509 cobertores e vários itens de higiene e água para a campanha “Doe Amor, Doe Cobertor”. A iniciativa acontece há 8 anos, liderada pela Lepin, e conta com a participação de ONG´s, instituições públicas e privadas e muitos grupos sociais que colaboram em causas importantes.

Leia também   Compras no Liquida-DF terão créditos em dobro no Nota Legal

União de forças

“A cada ano aumenta nossa corrente e esse trabalho nos engrandece, solidifica e nos enche de orgulho. Orgulho em conhecer tanta gente boa, como o pessoal da agência Qu4tro, que cruzou nosso caminho para compartilharmos essa história”, afirma Ivamir Guisso, representante do grupo Lepin Enxovais.

A CEO da agência Qu4tro Comunicação e Assessoria Estratégica, a jornalista Claudia Marques, conta que a “Social Qu4tro” é o braço humanitário da agência Qu4tro Comunicação e Assessoria Estratégica e tem a missão de cuidar das pessoas.

“São 715 mil pessoas afetadas com as enchentes na Bahia e elas precisam de todos nós. Além das nossas doações, estamos arrecadando produtos de higiene pessoal e limpeza, alimentos não perecíveis, cobertores, roupas e garrafas de água potável”, alerta Cláudia.

Leia também   Quinze dias para abrir mais 92 leitos em hospitais públicos

Doações

A jornalista acrescenta que, caso alguém queria ajudar, basta entrar em contato pelo Instagram da empresa @4assessoriaestrategica ou pelo WhatsApp (61) 96425797. “Organizaremos a logística e vamos enviar alguém para buscar as contribuição para aqueles que perderam quase tudo com as chuvas”, reforça.

“Essa tragédia da Bahia só nos prova que as pequenas atitudes, de pessoa para pessoa, são as mais valiosas pois é nelas que está a maior demonstração de respeito e amor ao próximo”, finaliza Guisso.

Read Previous

Senadores pedem convocação de Queiroga para falar sobre vacinação

Read Next

Valor da cesta básica aumenta em todas as capitais em 2021