• 21/06/2024

Campanha Volta às aulas visa mais segurança no trânsito

Para que os alunos das escolas públicas e particulares tenham segurança ao realizarem o trajeto de casa para a escola, o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) lançou a campanha Volta às aulas com ações de educação, engenharia e fiscalização de trânsito programadas para as próximas duas semanas nas regiões do DF.

Veja também

DER realizará intervenção no trânsito na altura do antigo Balão da Esaf

Para o diretor-geral do Detran-DF, Takane Kiyotsuka, a volta às aulas impacta a dinâmica do trânsito e do fluxo de pedestres, por isso é tão importante essa campanha.

Leia também   Flexibilizado uso de máscaras em ambientes abertos

As equipes de educação estão com atividades educativas programadas junto às escolas, visando conscientizar os pais e responsáveis sobre os cuidados ao transportar as crianças | Fotos: Divulgação/Detran-DF

”Estamos empenhados com ações específicas para volta às aulas. Nossa prioridade é garantir um trânsito seguro para pais e alunos, não só com a pintura de faixas de pedestres e demais sinalizações, mas também levando educação de trânsito para todos na porta das escolas. Também vamos garantir que os pais e responsáveis façam a melhor escolha para um transporte seguro para seus filhos com fiscalização e orientação sobre o assunto”, disse o diretor.

Educação

As equipes de educação estão com atividades educativas programadas junto às escolas, visando conscientizar os pais e responsáveis sobre os cuidados ao transportar as crianças – utilizando dispositivos adequados ao tamanho e idade delas –, na circulação de veículos e pedestres nas imediações das escolas e na contratação do serviço de transporte escolar. Alunos que se deslocam para a escola sozinhos, a pé ou de bicicleta, também serão abordados e orientados sobre a forma segura de trafegar pelas vias e de realizar as travessias na faixa de pedestre. As atividades educativas incluem intervenções artísticas com mímicos e bonecos e entrega de material informativo.

Na segunda-feira (29), as equipes estarão no Colégio La Salle (906 Sul), já na entrada dos alunos do turno matutino e depois continuam no horário da saída, entre 11h30 e 14h, que também compreende a entrada dos estudantes da tarde. Paralelamente, outras escolas também estarão recebendo a ação do Detran, como na Escola Q’Carinho (SIG – Sudoeste) e no Colégio Anchieta (EQNM 5/7 – Ceilândia Sul), das 12h às 13h30. Na terça-feira (30) será a vez do Colégio Objetivo (próximo ao Parque de Águas Claras), das 12h às 14h; e da Escola Pedacinho do Céu (EQ 13/15 do Guará II), das 12h às 13h30. Na quarta-feira (31), as equipes de educação estarão no Centro Olímpico e Paralímpico do Parque Vaquejada (QNP 21), das 9h às 15h; Na sexta-feira (2), das 11h30 às 14h, haverá ação educativa no Colégio Santo Antônio e no Sigma, ambos na 911/912 Sul; e das 8h às 13h, na Quadra Central 01 de Santa Maria (ao lado da Administração Regional).

Engenharia

A reforma das faixas de pedestres nas proximidades das escolas é prioridade da Diretoria de Engenharia de Trânsito do Detran. Também estão passando por obras as faixas em locais de maior circulação de pedestres, já que os alunos precisam ter segurança em todo o trajeto casa-escola. Do início de janeiro até o momento já foram entregues mais de 100 faixas em diversas regiões administrativas, como Ceilândia, Taguatinga, Samambaia, Brazlândia, Sol Nascente e Plano Piloto.

Nas duas próximas semanas, estão programadas ações de policiamento e fiscalização de trânsito em 250 Pontos de Demonstração (PDs) e 20 Operações Tipo Blitz Escolar

Fiscalização

Nas duas próximas semanas, estão programadas ações de policiamento e fiscalização de trânsito em 250 Pontos de Demonstração (PDs) e 20 Operações Tipo Blitz Escolar. Por dia, a previsão é de uma média de 25 PDs, próximos a escolas, onde os agentes de trânsito estarão de olho nas travessias de pedestres, na fluidez do trânsito e no embarque e desembarque de passageiros, além do estacionamento de veículos em local que possa trazer riscos ao tráfego e outras irregularidades que comprometam a segurança dos usuários das vias.

Já nas operações do tipo blitz, pelo menos duas vezes por dia, o foco será a verificação da documentação dos veículos de transporte escolar. Condutores que transportam escolares sem a devida autorização cometem infração gravíssima, prevista no inciso XX do artigo 230 do Código de Trânsito Brasileiro, e estão sujeitos à multa de R$ 1.467,35 e sete pontos na CNH, além de ter o veículo removido ao depósito.

(Detran – DF)

Read Previous

Caixa sorteia neste sábado R$ 65 milhões da Mega-Sena acumulada

Read Next

Esportes CBF sorteia confrontos da 1ª fase da Copa do Brasil na terça-feira