• 21 de outubro de 2020

Banco de Leite do Hmib está com estoque reduzido

estoque de leite do Banco de Leite Humano (BLH) do Hospital Materno Infantil de Brasília (Hmib) está em baixa e o hospital faz um apelo às mães que estejam amamentando para que doem leite. “Hoje, temos 25 litros de leite pasteurizados no estoque o que daria, no máximo, para mais quatro dias de distribuição para os nossos bebês internados aqui”, alerta a chefe do Núcleo de Banco de Leite Humano do Hmib, Ana Cláudia Villa Verde Vasconcelos de Barros.

Quarenta e dois bebês receptores de leite humano estão internados atualmente no hospital, que distribui a eles uma média de seis litros de leite pasteurizado por dia. Mesmo sabendo que é comum diminuir a coleta domiciliar, nesta época do ano, os responsáveis pelo Banco de Leite estão bastante preocupados, visto que a queda das doações foi muito brusca.

O problema também está acontecendo em toda a rede da Secretaria de Saúde (SES/DF). A queda de doações costuma acontecer no período que vai de dezembro a fevereiro, em função das festas de final de ano e das férias.  “Se a doação não melhorar o quanto antes, corremos o risco de zerar o estoque”, preocupa-se a chefe do Núcleo de Banco de Leite Humano do Hmib.

“A mulher que quiser doar o leite para ajudar os estoques só precisa estar saudável, apresentar as sorologias dos últimos 6 meses de sífilis, HIV, HTLV, hemograma completo, hepatite B e C. Caso ela não tenha esses exames, conseguimos fazer os testes com ela vindo aqui no Hmib, ou a gente se organizando para ela ir até a casa da doadora para coletar o exame”, explica o diretor do Hmib, Rodolfo Alves Paulo de Souza.

A coleta do leite é domiciliar e feita pelo Corpo de Bombeiros, uma vez por semana. São eles também que entregam o kit de coleta (gorro, máscara e um folheto informativo), para quem está iniciando a doação e também oferece todas as orientações necessárias para que a coleta seja feita da maneira ideal.

“Pedimos a solidariedade das mães que estão amamentando. Somos referência em prematuridade, temos bebês de baixo peso ou doentes internados em leitos da Unidade Neonatal e o leite humano pasteurizado é um alimento que salva vidas”, apela Ana Cláudia Barros.

Para agendar a coleta, bastar ligar no número 160, opção 4 que o Corpo de Bombeiros busca a doação na residência da mãe doadora. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones: (61) 99168-6696 ou (61)2017-1608.

Conheça os 14 passos para doar leite humano:

 

– Procure tirar o leite em um lugar limpo e tranquilo da casa;

– Use potes de vidro com tampa plástica;

– Ferva os potes por 15 minutos e deixe que sequem sobre um pano limpo;

– Use uma touca ou um lenço na cabeça;

– Coloque uma máscara ou amarre uma fralda sobre o nariz e a boca;

– Lave as mãos e os braços até os cotovelos com bastante água e sabão;

– Lave as mamas apenas com água;

– Seque as mamas e as mãos com um pano limpo;

– Massageie os seios com a ponta dos dedos, com movimentos circulares, e inicie a coleta diretamente no pote;

– Encha o pote até faltarem dois dedos para completá-lo e, caso seja necessário, recomece uma nova coleta em outro pote higienizado;

– Identifique o pote com seu nome e a data em que retirou o leite pela primeira vez;

– Para completar um pote que já está no congelador, faça a coleta em um copo de vidro e depois despeje no pote;

– O leite pode ficar até dez dias no congelador ou no freezer.

(Agência Brasília)

0 Reviews

Write a Review

Avatar

Destaque DF

Read Previous

Caso Gugu: juiz decide que Rose Miriam receba R$ 42,5 mil por mês

Read Next

Aulas recomeçam com 100% das escolas revitalizadas em cinco RAs