• 16/06/2024

INSS libera extrato de pagamento de janeiro; confira o novo valor da sua aposentadoria

Aposentados, pensionistas e beneficiários de auxílios do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) já podem conferir quanto irão receber de renda previdenciária neste ano. A consulta ao extrato de pagamento pelo Meu INSS foi liberada nesta terça-feira (23).

Veja também

Primeiras doses da vacina do SUS contra dengue chegam ao Brasil

Os novos valores corrigidos pelo salário mínimo serão depositados a partir de 25 de janeiro para quem recebe o piso nacional, de R$ 1.412, em 2024. Segurados com renda mensal acima do piso terão seus pagamentos reajustados pela inflação creditados a partir de 1º de fevereiro.

Segundo o Ministério da Previdência Social27.349.843 pessoas recebem até um salário mínimo e 12.028.324 ganham acima do piso nacional. Desse total, 5.761.215 são benefícios assistenciais.

Tela inicial do portal gov.br
Extrato de pagamento com o reajuste anual está disponível pelo Meu INSS – Reprodução

COMO CONSULTAR O EXTRATO

Para saber a data do pagamento basta ver o número final do cartão de benefício, sem considerar o último dígito verificador, que aparece depois do traço. Por exemplo, se fosse 987.654.321-0, o pagamento seria na data estabelecida para o número 1. Neste ano, benefícios no valor de um salário mínimo com final 1 serão pagos no dia 25 de janeiro.

Calendário de pagamentos de aposentadorias do INSS em 2024 – Reprodução

Para quem não tem acesso à internet, basta ligar para a Central 135. Ao ligar, informe o número do CPF e confirme algumas informações cadastrais, de forma a evitar fraudes. O atendimento está disponível de segunda-feira a sábado, das 7h às 22h.

Os segurados com acesso à internet podem acessar o site Meu INSS (https://meu.inss.gov.br/). Após fazer o login, na tela inicial, clique no serviço de “Extrato de Pagamento”. É possível ter acesso ao extrato e todos os detalhes sobre o pagamento do benefício.

Leia também   Passageiros podem pedir reembolso de gastos pela greve de aeronautas

A consulta também pode ser feita pelo aplicativo Meu INSS, disponível para aparelhos com sistemas Android e iOS.

  1. Acesse o Meu INSS com o login e a senha
  2. Clique na opção “Extrato de Pagamento”
  3. Clique no mês desejado
  4. Vai aparecer o valor bruto do novo benefício e o detalhamento dos descontos, se houver
  5. Se desejar imprimir, clique em “Baixar PDF”

Para correntistas do Banco do Brasil e da Caixa também é possível usar os serviços de home banking acessando a opção:

  • “Previdência Social”, para o Banco do Brasil
  • “Extrato Previdenciário”, na Caixa

Pelo extrato de pagamento o beneficiário também pode conferir se o valor está sendo depositado corretamente, sem descontos indevidos.

O documento tem informações sobre empréstimos consignados, 13º salário e o que mais possa descontar ou acrescentar valor ao benefício.

  1. Após inserir a senha, na tela inicial, no quadro “Meus Benefícios”, o segurado deve clicar no símbolo do olho. Deve aparecer a competência de janeiro, o valor final do benefício (após os descontos), a data prevista para o pagamento e se está ou não bloqueado para empréstimos
  2. Ao clicar em “Detalhar”, na página seguinte, o sistema mostrará o valor final da aposentadoria (após descontos) e o valor que está disponível para consignado, se houver
Leia também   Anatel libera 5G em mais sete capitais a partir desta segunda

O QUE APARECE NO EXTRATO

  • Valor de MR do período: valor do benefício bruto, com o reajuste anual, sem considerar os descontos
  • Consignação empréstimo bancário (se houver): desconto do empréstimo que o segurado tiver em andamento
  • Abatimento a beneficiário maior de 65 anos: aposentados e pensionistas têm direito a uma cota adicional de isenção do Imposto de Renda
  • Imposto de Renda: valor do desconto feito na fonte, para benefícios acima do limite de isenção
  • Também podem aparecer outros descontos, como o de associações e sindicatos, por exemplo
  • Período de pagamento
  • Banco que fará o pagamento

No caso do empréstimo consignado há um relatório específico. Ao acessar “Extrato de Empréstimo Consignado”, o segurado confere seu histórico nessa operação, com os nomes das instituições cedentes, número de contratos ativos ou encerrados, valores contratados, número de parcelas, prazos e a margem consignável disponível.

REAJUSTE ANUAL PARA BENEFÍCIOS ACIMA DO PISO

Quem acaba de ter um benefício concedido pode acessar ainda o extrato de concessão, que traz todos os detalhes da renda, como data de requerimento, valor do benefício, banco e local para saque e processo de cálculo.

Leia também   Caixa paga hoje auxílio emergencial para beneficiários do ciclo 6

Os segurados que se aposentaram ou começaram a receber pensão ou auxílio ao longo de 2023 e têm benefícios acima do mínimo não receberão integralmente o reajuste de 2024. Neste caso, a correção será proporcional à variação do INPC no período em que o benefício foi concedido. Confira abaixo:

DATA DE INÍCIO DO BENEFÍCIO REAJUSTE (%)
Até janeiro de 2023 3,71
em fevereiro de 2023 3,23
em março de 2023 2,44
em abril de 2023 1,79
em maio de 2023 1,26
em junho de 2023 0,89
em julho de 2023 0,99
em agosto de 2023 1,08
em setembro de 2023 0,88
em outubro de 2023 0,77
em novembro de 2023 0,65
em dezembro de 2023 0,55

O benefício fica disponível para saque por aproximadamente 60 dias. Caso o segurado não faça a retirada nesse período, os valores correspondentes serão devolvidos ao INSS.

Todos os benefícios do INSS têm limite de valor. É o chamado teto do INSS, que também varia de acordo com a porcentagem do INPC. Dos atuais R$ 7.507,49, o teto sobe para R$ 7.786,02 em 2024.

(Folha de São Paulo)

Read Previous

DER realizará intervenção no trânsito na altura do antigo Balão da Esaf

Read Next

Como recuperar fotos apagadas do WhatsApp