• 14 de maio de 2021

Como ensinar os pequenos a cuidar da boca desde cedo

A higiene bucal dos pequenos começa desde cedo, mesmo quando eles ainda não tenham dentinhos. Ensinar as crianças a cuidar da saúde da boca desde o início da vida ajuda a torna-los adultos conscientes da importância dos cuidados com a saúde bucal e, de quebra, previne diversas doenças. Mas como educa-los a serem conscientes com relação à saúde bucal?

Os dentes de leite são provisórios, mas não é por isso que merecem menos atenção que os permanentes. Os pais devem ensinar as crianças desde cedo a manter a higienização correta da boca, pois isso se refletirá em uma dentição bonita e saudável no futuro.

Leia também   A importância da presença e participação paterna no cuidado da família

Ainda durante a gestação, as mães precisam tomar alguns cuidados simples para assegurar a saúde dos dentes de seus bebês, como ter uma boa alimentação baseada em proteínas, cálcio e fibras. Depois do nascimento, mesmo antes de aparecerem os primeiros dentes, os cuidados devem continuar. Durante tal período, a higienização deve ser feita com uma gaze umedecida com água filtrada, sempre logo após as mamadas, para remoção dos resíduos de leite.

Os dentes de leite começam a nascer a partir dos seis meses de vida. Nessa idade, é necessária a utilização de uma dedeira especial e macia para escovar os dentes, pelo menos uma vez ao dia.

Leia também   Coronavírus na escola: o que diz a ciência sobre os riscos da volta às aulas?

O hábito de escovar os dentes três vezes ao dia deve ser ensinado desde cedo aos pequenos, de maneira que se torne uma atividade prazerosa e cotidiana pelo resto de suas vidas. O pequeno deve escovar os dentes com uma escova macia e de cabeça pequena pelo menos três vezes ao dia, e, já nessa fase, uma pequena quantidade de pasta de dentes com flúor pode ser utilizada.

Tão logo a criança tenha habilidade para tal, o hábito de usar fio dental deve ser inserido no dia a dia do pequeno, a fim de evitar acúmulo de bactérias e a temida placa bacteriana.

Leia também   Vacina da Pfizer funciona contra variante do coronavírus, diz estudo preliminar

Ter uma boa alimentação não é benéfica apenas para nossa saúde física, ela também influencia diretamente na saúde bucal das crianças. Evite doces e alimentos ultraprocessados, grandes vilões da boa dentição.

Por fim, leve seu filho para consultas regulares com o dentista. Quanto mais cedo ele se acostumar com esse hábito, maiores as chances de que ele continue a segui-lo ao longo da vida.

(Portal Terra)

Read Previous

Retrospectiva 2020: tudo digital, internet fixa à prova, avanços na logística e mais

Read Next

Encerra hoje prazo para pedir saque do FGTS emergencial