• 27 de outubro de 2020

Zoom terá criptografia de ponta a ponta a partir da próxima semana

Zoom começará a liberar criptografia de ponta a ponta aos usuários do serviço a partir da próxima semana em quatro etapas

A criptografia de ponta a ponta, enfim, começará a chegar ao Zoom a partir da semana que vem. Nesta quarta-feira (14), a companhia anunciou o lançamento do recurso aos usuários do serviço em quatro fases. A novidade visa incrementar a segurança de chamadas de voz e vídeo realizadas através da plataforma.

A criptografia de ponta a ponta chegará a todos os usuários do serviço de videoconferência, sejam eles assinantes ou não do Zoom, conforme prometido anteriormente. Além disso, o recurso para garantir mais segurança estará disponível nos aplicativos para computador, celular e tablet.

Leia também   Bolsonaro diz que indicação de Kassio Nunes, do TRF-1, ao Supremo sai no Diário Oficial de sexta-feira

Segundo a companhia, as chamadas manterão o modelo de criptografia AES 256 GCM já existente na plataforma. O que muda, basicamente, é “onde essas chaves de criptografia residem”.

“Com o E2EE [criptografia de ponta a ponta] do Zoom, o anfitrião da reunião gera chaves de criptografia e usa a criptografia de chave pública para distribuir essas chaves para os outros participantes da reunião”, explicam. “Os servidores da Zoom se tornam retransmissores alheios e nunca veem as chaves de criptografia necessárias para descriptografar o conteúdo da reunião”.

Zoom irá liberar criptografia de ponta a ponta

Para ter acesso à novidade, os usuários terão de acioná-la manualmente através das configurações do serviço. Quando ativada, será possível visualizar um pequeno escudo verde com um cadeado no canto superior esquerdo durante a conversa, onde estará disponível os códigos de encriptação da conferência.

Leia também   Aumenta procura por divórcio durante a pandemia

O recurso será liberado aos usuários em quatro etapas. Durante a primeira fase, que começará na próxima semana como uma “prévia técnica”, alguns recursos estarão indisponíveis. É o caso das chats individuais, enquetes, gravação na nuvem, salas simultâneas (breakout rooms), reações e transcrição ao vivo.

“Planejamos implementar um melhor gerenciamento de identidade e integração E2EE SSO como parte da Fase 2, que está provisoriamente planejada para 2021”, dizem. O Zoom, porém, não deu muitos detalhes sobre os três últimos estágios de liberação da criptografia de ponta a ponta.

Leia também   Loterias da Caixa lançam novo modelo de aposta, o Super 7

(VentureBeat e Zoom (Blog))

Avatar

Destaque DF

Read Previous

Rafael Prudente destaca a importância da aprovação do projeto que reestrutura a carreira do SLU

Read Next

Retomadas cirurgias oftalmológicas