• 26 de setembro de 2021

Surfe e skate impulsionam audiência da Olimpíada, principalmente no Brasil

Novas modalidades como surfe e skate, que fizeram sua estreia na Olimpíada de Tóquio, impulsionaram a audiência dos Jogos, principalmente no Brasil, disse o Comitê Olímpico Internacional (COI) nesta terça-feira, minimizando qualquer impacto da falta de espectadores.

Veja também

Spintec: o que se sabe sobre a vacina da UFMG que deve iniciar testes clínicos em breve

As projeções positivas apresentadas pela entidade esportiva nesta terça-feira contrastam com os dados iniciais de classificação de audiência, que indicam que os Jogos de Tóquio são atualmente os Jogos Olímpicos menos assistidos na história recente na Europa e nos Estados Unidos.

Leia também   15% dos brasileiros ainda pensam em não tomar vacina, aponta consultoria

Nos Estados Unidos, o mercado mais importante para os Jogos Olímpicos onde a NBCUniversal está exibindo os eventos, a cerimônia de abertura atraiu 16,9 milhões de telespectadores norte-americanos, o menor público do evento nos últimos 33 anos.

Na terça-feira, Timo Lumme, diretor-gerente de televisão e serviços de marketing do COI, disse que a audiência está vindo aos “milhões” nos Estados Unidos para assistir aos Jogos, com uma média de horário nobre para os programas olímpicos, com cerca de 17 milhões de telespectadores norte-americanos cada noite.

Foto: Toby Melville/Reuters

Leia também   A ONDA DO LENÇO | Influencer Juliana Cunha dá dicas de como usar lenços e sofisticar o look

(Reuters)

Read Previous

Covid-19: 5 dicas de como evitar infecção do vírus em lugares fechados

Read Next

SP anuncia ampliação de ‘Vale Gás’ para mais de 2 milhões de pessoas