• 24 de outubro de 2021

Zagueiro espanhol não é punido após Neymar o acusar de racismo

Liga Francesa diz que não encontrou provas

A comissão disciplinar da Liga de Futebol Profissional da França (LFP) anunciou nesta quarta (30) que não punirá o zagueiro espanhol Álvaro González, que foi acusado, pelo atacante brasileiro Neymar, de realizar atos racistas no jogo entre PSG e Olympique de Marselha disputado no dia 13 de setembro.

“Depois de examinar o processo, ouvir os jogadores e os representantes dos clubes, a Comissão constata que não dispõe de elementos de prova convincentes suficientes que lhe permitam estabelecer a materialidade dos fatos das observações discriminatórias do jogador Álvaro González contra Neymar Júnior durante a partida, nem de Neymar Júnior contra Álvaro González”, diz a nota.

Leia também   Tite convoca 23 jogadores para as eliminatórias da Copa do Catar

Punições por briga

Apesar de a acusação de racismo não ter levado a qualquer tipo de sanção, anteriormente Neymar foi punido com dois jogos de suspensão pela expulsão no jogo da segunda rodada do Campeonato Francês. O brasileiro recebeu o cartão vermelho após o árbitro de vídeo (VAR) identificar um tapa do jogador no zagueiro espanhol Álvaro González durante confusão que marcou os minutos finais do clássico.

(Agência Brasil)

Read Previous

Bolsonaro sanciona lei que prevê teto de R$ 100 mil para obras sem licitação

Read Next

Goiás registra mais de 7 mil novas vagas de trabalho em agosto, terceiro mês consecutivo de alta, diz Caged