• 28 de maio de 2020

Turma da Mônica no enfrentamento da violência contra a mulher no DF

Com o objetivo de orientar educadores a utilizarem as animações da Turma da Mônica nas escolas, a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP/DF) realizou, nesta terça-feira (10), oficina de disseminação de informações e lançou o Guia Orientador para Educadores.

A capacitação tem o objetivo de sensibilizar os participantes quanto à forma correta de aplicação dos vídeos, de forma a apresentar ferramentas de enfrentamento à violência contra a mulher no ambiente escolar do Distrito Federal. A ação ocorreu em parceria com a Secretaria de Educação, por meio da portaria assinada no dia do lançamento dos vídeos. O evento ocorreu no auditório do Corpo de Bombeiros, localizado no Setor Policial Sul.

Durante o lançamento do Guia, o secretário executivo de Segurança Pública, Alessandro Moretti, ministrou a palestra “Feminicídio” em que foram apresentados dados analisados pela Câmara Técnica de Monitoramento de Homicídio e Feminicídio, por meio da ferramenta de cruzamento de dados – Business Intelligence (BI).

As oficinas para os mais de 300 participantes – que serão multiplicadores nas escolas em que trabalham – foram realizadas por professores da Subsecretaria de Formação Continuada dos Profissionais da Educação (EAPE) e Subsecretaria de Educação Básica, da Secretaria de Educação do DF. As aulas ocorreram no EAPE.

Além de professores da rede pública de ensino, participaram da capacitação servidores da Secretaria de Segurança, das secretarias da Mulher e de Justiça, das forças de segurança, do Colégio Dom Pedro II e representantes de escolas particulares de ensino.

Para a coordenadora de capacitação da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus), Paula Ribeiro, a formação é importante para que a temática possa ser trabalhada de forma eficaz em sala de aula. “Como mulher, o evento é de extrema importância para toda a população, tanto para as mulheres como para os homens, pois com a informação podemos coibir diversos tipos de violência. Como educadora, reconheço que o evento é importante para sensibilizar professores com a melhor fora de abordagem para os alunos”.

A capacitação tem o objetivo de sensibilizar os participantes quanto à forma correta de aplicação dos vídeos, de forma a apresentar ferramentas de enfrentamento à violência contra a mulher no ambiente escolar do Distrito Federal.

(Agência Brasília)

Destaque DF

Read Previous

Rose Miriam volta às redes sociais com foto ao lado de Gugu Liberato

Read Next

RESULTADO CONFIRMA | Marido de paciente do Hran é o 2º caso de coronavírus no DF

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *